Ruben Guerreiro no Tour: um azar nunca vem só (foto)

Volta a França 02.07.2022 20:29
Por Redação

Não foi propriamente um dia bom para Ruben Guerreiro (EF Education-EasyPost). Primeiro, o português viu-se envolvido numa confusão com Stefan Kung (Groupama-FDJ), que o agarrou pelo capacete e, posteriormente, veio a ser punido, depois, sofreu uma queda que o deixou bem marcado.

O neerlandês Fabio Jakobsen (Quick-Step Alpha Vinyl) foi o vencedor da segunda etapa da 109.ª Volta a França, vencendo, ao sprint, na cidade dinamarquesa de Nyborg, com o tempo de 4:34.34 horas, à frente do novo camisola amarela, Wout van Aert (Jumbo-Visma) e do dinamarquês Mads Pedersen (Trek-Segafredo).


Quanto aos portugueses, Nelson Oliveira foi 71.º, chegando integrado no pelotão, com o mesmo tempo de Jakobsen, assim como Ruben Guerreiro, 175.º, que caiu a dois quilómetros da meta. Na geral, Oliveira é 52.º, a 52 segundos de Van Aert e Guerreiro é 147.º, a um minuto e 39 segundos.



Entretanto, o suíço Stefan Kung (Groupama–FDJ) foi multado em cerca de 500 euros e punido em 20 pontos no ranking UCI, devido à altercação com Rúben Guerreiro.


«Era só para dizer 'meu, olha para a frente'. Havia muitos espectadores na beira da estrada. Ele estava sempre a olhar para trás e eu disse-lhe 'olha para a frente, isto é muito perigoso'. Falámos depois e está tudo bem», justificou o suíço, em declarações ao portal Cycling News.


Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias