Portugal perdeu-se no Montenegro

Basquetebol 20:20
Por Miguel Candeias

Ao sofrer, no arranque do último quarto (64-56), um parcial que começou em 9-0 (73-56) e acabou com 15-3 (79-59), Portugal hipotecou todas as hipóteses de lutar pela vitória na Bemax Arena, em Podgorica, e acabou derrotado pela seleção do Montenegro por pesados 83-69, em partida a contar para a 2.ª jornada do Grupo E da fase de qualificação para o Mundial-2023.

 

Foi o segundo desaire da equipa comandada por Mário Gomes após, na passada sexta-feira, ter perdido contra a Hungria (75-81), em Matosinhos.

 

Apesar de, desde o início, o conjunto das quinas ter sentido bastantes dificuldades, dos dois lados do campo, face à vantagem de estatura e experiência dos anfitriões em tirar partido disso, sobretudo em relação ao poste Zoran Nikolic (11 pts, 11 res, 3 ass, 2 dsl), as entradas de Daniel Relvão  (16 pts, 4 res) e Francisco Amarante (10), com 100% em lançamentos de campo em 12 minutos (2/2 L2 e 2/2 L3), permitiram reduzir a desvantagem que chegara a ser de 10 no fecho do 1.º quarto (24-14) para apenas 3 (24-21) no início do 2.º.

 

Relvão impôs-se junto das tabelas e mesmo com o base contrário Justin Cobbs (22 pts, 3 ass) a trazer o jogo dos montenegrinos para o exterior, Portugal manteve-se na luta pelo resultado, ainda que nunca tenha retirado aos anfitriões qualquer ritmo de jogo ou provocado pânico.

 

Três triplos de Vladimir Mihailovic (16) ajudaram a um novo parcial de 14-2 (54-40) que pôs tudo em causa e mostraram debilidade nacionais na circulação efetiva da bola, no entanto, uma vez mais, Relvão, com 6 pontos, ajudou a recuperar a desvantagem até aos 5 pontos (61-56), a 30 segundos do fim do período.

 

Então, más decisões de lançamento e turnovers – Portugal cometeu 16(!) contra 9 do Montenegro – deixaram o placard em 64-56. Acabaria por ser o prenúncio do que se viria a passar no quarto final. 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias