Miguel Silva apurado e Oliver Brown campeão da Europa

Snooker 12-10-2021 22:47
Por António Barroso

Um grande destaque da participação de Portugal nos Seniores (jogadores com mais de 40 anos) nos ESC Online Campeonatos Europeus de Snooker, a decorrerem em Albufeira até dia 17, para o madeirense Miguel Silva, na prova de seniores: 3-0 ao austríaco Alexander Trinkl a começar o dia – ‘break’ de 45 pontos a fechar o jogo, no terceiro parcial - e 3-1 (de 0-1, e com novas entradas assinaláveis, de 41 e 46 pontos) ao norte-irlandês Dermot Loughlan. Duas vitórias em dois jogos para um ‘expert’… do pool.

 

Miguel Silva está apurado para a fase a eliminar, que se iniciará na quinta-feira, já só com 40 dos 80 jogadores que iniciaram o torneio, mesmo no cenário de desaire no último jogo do Grupo J, quarta-feira, diante do sueco Mats Eriksson (10 horas, Mesa 5).

 

«Estou cá é para jogar. Fiquei contente com a minha prestação, estou a conseguir entradas já assinaláveis e sinto-me mais confortável agora do que no torneio principal, ‘Absolutos’. Vou até onde me deixarem», disse a A BOLA o madeirense… que após jogar o torneio anterior com o seu taco de pool, viu o presidente da Federação Portuguesa de Bilhar, vice-presidente da EBSA e diretor-adjunto dos Europeus, Ricardo Salgado, emprestar-lhe o seu próprio taco de snooker. E que resultado tem dado…

 

Também Paulo Pereira (Grupo N) vai lançado, após vencer 3-2 o irlandês Frank Sarsfield, num jogo que chegou a liderar por 2-0 mas o rival forçou a ‘negra’. Quarta-feira, Paulo Pereira tem o espanhol Juan Pedro Duran (12 horas, Mesa 9) e o húngaro Balász Csurgó (16 horas, Mesa 9) por rivais. Triunfo num de dois jogos permite-lhe também o apuramento, num dos dois primeiros lugares do grupo.

 

Igualmente a uma vitória de se apurar está Henrique Correia (Grupo M): após a vitória (3-2) de segunda-feira ante o israelita Dudi Eliau. O vianense, de 55 anos, defronta quarta-feira o austríaco Christian Hochmeier (12 horas, Mesa 7) e depois o norte-irlandês Sean Gray (16 horas, Mesa 8).

 

No Grupo V, João Roque, derrotado segunda-feira pelo gibraltino Lee Prickman (0-3), não reclamou também nem um parcial ao israelita Shay Arama: para se apurar, vencer na quarta-feira o austríaco Carl-Walter Steiner (14 horas, Mesa 7) poderá não chegar, mas depende da conjugação de resultados.

 

Eliminado sem ganhar um 'frame' (triplo 0-3) da prova Seniores e quem já se despediu foi Pedro France (Grupo D): começou este dia batido sem remissão pelo escocês Gary Kinnear e já na madrugada de quarta-feira, não evitou novo 0-3 ante o belga Patrick Geysels.

 

Inglês leva a melhor em cinco horas de final (5-4)

 

Enquanto decorre também o Torneio Feminino (32 jogadoras) nas 16 mesas montadas nos Salgados – em simultâneo com a prova de Seniores -, foi esta terça-feira coroado o novo campeão da Europa, que sucede ao galês Andrew Pagett, ao vencer a prova de Absolutos e garantir a nomeação da EBSA à World Snooker para disputar, tal como Dylan Emery (campeão nos sub-21) o circuito profissional por duas épocas: é ele o inglês Oliver Brown, de 27 anos, que venceu na maratona da final (cinco horas de jogo!) o russo Ivan Kakovskii, de 22 anos, na ‘negra’ (5-4).

 

«Está aqui muito trabalho. Agradeço aos meus pais, Andrew e Mandy, e à minha noiva, Charlotte, todo o apoio. Foram muitos anos perto do profissionalismo, espero que seja desta e vou com tudo», disse a A BOLA o inglês de Sheffield. «Estou perto do Crucible sim. E hoje, bebidas são por minha conta».

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias