Andrejczyk leiloou medalha olímpica para ajudar bebé

Jogos Olímpicos 17-08-2021 23:35
Por Redação

A polaca Maria Andrejczyk, que conquistou a medalha de prata no lançamento do dardo nos Jogos Olímpicos de Tóquio, arrecadou 44 mil euros ao leiloar a medalha com o intuito de ajudar um bebé de oito meses que necessita de uma operação ao coração.   

«Esta prata pode salvar uma vida em vez de acumular pó no meu armário, por isso, decidi leiloar a minha medalha para ajudar Milosz», afirmou Andrejczyk, de 25 anos, que além dos 44 mil euros que conseguiu pela medalha de prata, já tem mais 35 mil euros numa conta que abriu para ajudar a criança. Com este dinheiro, o jovem Milosz poderá ser operado num hospital em Stanford, nos EUA, despesa que a família não conseguia pagar.

«Foi um impulso. Senti que esta medalha não podia ficar comigo porque recordo bem o quanto tive de lutar contra a adversidade e a dor. O valor real de uma medalha sempre permanece no coração, mas é só um objeto que pode ser de grande valor para outros», realçou. 
 

De referir que Andrejczyk sofreu de osteosarcoma em 2018, um tumor maligno com origem em células que formam o osso. Certamente que, por passar por este susto, a atleta compreende in loco o drama de Milosz.

 

Maria Andrejczyk agradeceu a todos os que participaram nos donativos e em especial à Zabka, cadeia polaca de lojas de conveniência que lhe comprou a medalha de prata olímpica e, de seguida, lha devolveu. «Ficámos comovidos com o gesto extremamente nobre e decidimos dar-lhe a medalha de volta, por mostrar a grande campeã que é», justificou representante da empresa.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias