«Vencedor? O melhor será rasgar a camisola rosa em duas ...»

Volta a Itália 07-05-2021 09:57
Por Fernando Emílio

A dois dias do arranque da edição 104 da Volta à Itália, amanhã em Turim, a última conferência de imprensa conjunta das duas figuras da equipa Deceuninck-QuickStep presentes na grande italiana, João Almeida e Remco Evenepoel, despertou alguma curiosidade, nomeadamente pelas palavras do ciclista belga de 21 anos sobre a grande questão da vitória na geral.

 

«Eu digo João Almeida e ele vai dizer o meu nome. O melhor é rasgar a camisola rosa em duas para ficarmos todos felizes», brincou Evenepoel, sem deixar de alertar: «Os últimos 10 meses sem competir deixaram-me triste. Sei que corremos o risco de iniciar o Giro sem ritmo. Juntamente com o João fizemos um estágio em altitude onde treinei a mais de 2.000 metros de altitude, mas nunca competi a mais de 1.600 metros. Vamos ver como vou reagir.»


Já o português de 22 anos foi bem mais assertivo. «Aprendi muito no Giro do ano passado, nomeadamente a importância de distribuir as energias da melhor forma possível para toda a corrida», destacou João Almeida.

 

 

Leia mais na edição impressa ou digital de A BOLA

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos