Nuno Saraiva retira-se da Seleção

Judo 02-03-2021 08:15
Por Miguel Candeias

Portugal ficou sem os seus dois principais judocas na categoria de -73 kg: Nuno Saraiva (Sporting) e Jorge Fernandes (JC Coimbra). Quer na corrida para os Jogos de Tóquio como para o Campeonato da Europa de Lisboa, a ser disputado na Altice Arena entre 16 e 18 de abril.


Tal como Fernandes, de 31 anos, também Saraiva optou por se afastar da competição, no entanto, ao contrário do grande amigo, de quem será padrinho de casamento, Nuno, de 26, comunicou ao clube e à federação que não se trata da retirada definitiva dos tapetes e da Seleção, mas de uma decisão que, para já, será até final da temporada.

 

Razão pela qual na reunião que há algumas semanas teve com o presidente da FPJ Jorge Fernandes, avisou que não contassem consigo na corrida olímpica, onde é 72.º do ranking olímpico, para o Euro em Portugal, assim como para o Mundial de Budapeste, em junho. Em novembro Nuno havia dispensado participar no Euro de Praga por a prova coincidir com a previsão do nascimento do primeiro filho.

 

Saraiva já não integra os estágios semanais da Seleção em Coimbra e o lugar nos -73 kg ficará entregue a João Fernando (Sporting), que já foi ao Euro de Praga e no fim de semana compete no Grand Slam de Tashkent.

 

A BOLA contactou Nuno para que explicasse as razões da inesperada decisão a poucos meses dos Jogos, poderiam ser os segundos na carreira depois de ter ido ao Rio-2016, mas aquele preferiu não falar por: primeiro, não se tratar de uma retirada definitiva; e, segundo, ainda ser um tema que ainda não é fácil por existir uma dualidade entre considerar que a paragem é necessária e o amor por uma modalidade que faz desde sempre - o pai é treinador, e integra o alto rendimento da FPJ desde os 15 anos. No entanto assegurou que não se deve a qualquer conflito com o Sporting ou a federação.

 

Leia o artigo completo na edição impressa ou digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias