José Manuel Constantino critica «desconsideração» das forças políticas

Mais Desporto 10:19
Por Redação

Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino admite reação vigorosa das federações ao abandono sentido da parte do poder político aos problemas resultantes da pandemia.

«É natural que as federações desportivas e os seus órgãos representativos agora procurem ações mais musculadas, mais fortes, que ajudem o poder político a tomar decisões diferentes das que tem tomado até à data», disse  o presidente do COP, à Lusa, depois do movimento desportivo lamentar a «desconsideração» das forças políticas e observar que o setor está ao «abandono» na sequência da proposta de lei que ontem aprovou, na Assembleia da República, o Orçamento do Estado (OE) para 2021.

«O sentido crítico de muitas das intervenções de presidentes de federações aponta para que as tomadas de posição moderadas, sensatas, equilibradas que temos tido na apresentação de propostas para melhorar a situação que estamos a viver não têm atingido o seu objetivo», sustentou José Manuel Constantino. 

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias