«Depois de um Giro tão duro, já não tinha mais nada nas pernas...»

Volta a Itália 25-10-2020 17:52
Por Redação

Rúben Guerreiro, rei da montanha, chegou a Milão a rolar, para o contra relógio final, tendo apenas de chegar para confirmar que seria o primeiro português a vencer uma camisola especial numa grande volta.

 

«Ohhh, depois de um Giro tão duro, já não tinha mais nada nas pernas, só geri para conseguir acabar. Ontem gostei muito da etapa, gostei das 3 semanas, foi um grande esforço da organização, parabéns, todos lutaram nas etapas. Para nós é bom ter duas etapas e a camisola azul é uma grande alegria e motivação para o futuro», referiu na flash-interview.

 


O vencedor, Tao Hart, é um grande amigo. «Sim, já corremos muito e ele é um grande amigo. Deu-me os parabéns lquando ganhei a 9.ª etapa e eu disse-lhe que ele ia ter o momento dele. Também gostava de ter visto o João no pódio, mas os outros fizeram também uma grande corrida», resumiu 

 

Voltar para tentar a rosa? «E dificil dizer, mas nunca se sabe, todos os anos me sinto melhor e forte, ainda não estou velho, mas primeiro quero aproveitar este momento, ir de férias e preparar a próxima época.»

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias