Gilbert vence Maguire (6-2) e garante vitória inglesa no Masters

Snooker 17-01-2020 17:07
Por António Barroso

O inglês David Gilbert, de 38 anos, 11.º do ranking, qualificou-se na tarde desta sexta-feira para as meias-finais do Masters, prova da época 2019/2020 do World Snooker Tour a decorrer até domingo, dia 19 do corrente mês, em Londres, ao vencer o escocês Stephen Maguire, de 38 anos, 15.º da hierarquia, por 6-2, em jogo dos quartos de final do torneio que assegurou que será um jogador do país anfitrião a vencer a prova de elite, pois a Inglaterra terá o pleno de profissionais nas meias-finais: quatro em quatro.

 

O inglês está, na sua estreia num Masters, a um passo da final, tendo-o conseguido à custa apenas da sua segunda vitória em sete duelos com Maguire, num trunfo sem discussão: a melhor tacada do torneio, 144 pontos, a abrir o jogo, mais nova entrada de 55 pontos no segundo parcial e outra de 91 pontos no terceiro parcial e aí estava o 3-0, antes de Stephen atenuar para 1-3 com break de 51 pontos no quarto, antes do intervalo.

 

O samba de uma nota só continuou no reatamento, com o agricultor a chegar a 5-1 antes de Maguire, com entrada de 94 pontos, fazer o 2-5. Mas o seu destino estava traçado e ponto final no embate logo a seguir, com David a anotar 66 pontos sem falhar uma bola nos buracos na oitava partida: 6-2.

 

Gilbert irá defrontar sábado, na meia-final da sessão noturna (19 horas), o vencedor do último duelo dos quartos, a disputar na noite deste dia no Ally Pally, entre os seus compatriotas ingleses Kyren Wilson, de 28 anos, oitavo do ranking, e Stuart Bingham, de 43 anos, 14.º da hierarquia (e campeão mundial em 2015). A Inglaterra, de resto, nação anfitriã, já assegurou que o troféu do triângulo de cristal continuará no país anfitrião, pois garantiu quatro jogadores nas meias-finais..

 

Todos os jogos são à melhor de 11 frames até às meias-finais (inclusive): até um vencer seis parciais (de 6-0 a possíveis 6-5). A final será à melhor de 19: é campeão o primeiro a vencer dez (de 10-0 a possíveis 10-9).

 

O Masters, prova do World Snooker Tour 2019/2020, é reservado aos 16 melhores da hierarquia e não pontua para o ranking. Distribui £725 mil de prémios (€849.113), das quais £250 mil (€292.798) ao campeão. A prova é transmitida para Portugal (EuroSport).

 

Quartos de final (hora local e portuguesa, apurados a negro):

Shaun Murphy-Joe Perry, 6-3

Ali Carter-John Higgins, 6-3

Stephen Maguire-David Gilbert, 2-6

Kyren Wilson-Stuart Bingham (19 horas)

 

Meias-finais:

Shaun Murphy-Ali Carter (sábado, 13 horas)

David Gilbert-Kyren Wilson/Stuart Bingham (sábado, 19 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias