«Depender do mérito desportivo parece-me injustificável»

Andebol 17-01-2020 09:59
Por Célia Lourenço

A RTP fez saber que terá chegado a acordo para transmitir os jogos de Portugal no Europeu, mas só se a Seleção chegar à fase a eliminar, ou seja, às meias-finais. José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), manifestou descontentamento em relação à tomada de posição da televisão pública.

 

«Lamento que o posicionamento seja o conhecido. Esperava que, ao haver uma reapreciação do problema, fosse decidida a transmissão de todas as competições e não fazer condicionar apenas à circunstância de Portugal atingir uma fase subsequente», comentou o dirigente sobre a decisão da RTP cuja administração recebera, na véspera, uma carta de Miguel Laranjeiro, presidente da Federação de Andebol de Portugal, a dar conta da indignação do organismo e dos próprios adeptos, impossibilitados de acompanhar o percurso da Seleção.

 

«Fazer depender do mérito desportivo parece-me injustificável. O interesse dos portugueses em nada é menor nesta fase da competição. O que hoje foi anunciado deveria ser extensivo a tudo o que ainda está a ser jogador. Esperava que todas as transmissões fossem ponderadas. O interesse público em nada será diferente do que vai ser caso a Seleção se apure», apontou ainda Constantino, elogiando a «excelente participação portuguesa».
 

Ler Mais
Comentários (11)

Últimas Notícias