Antiga selecionadora neerlandesa revela violação por dirigente da federação

Países Baixos 01.07.2022 21:35
Por Redação

Há mais um escândalo de abuso sexual a abalar o futebol nos Países Baixos. Esta sexta-feira, Vera Pauw, antiga jogadora e selecionadora de futebol feminino (atualmente lidera a República da Irlanda) revelou que foi violada por um dirigente da federação (KNVB).


«Há 35 anos que mantive este segredo do mundo, da minha família, das minhas colegas, jogadores e, agora consigo aceitar, de mim própria. Nem os mais próximos de mim sabem que fui violada às mãos de um dirigente importante quando era uma jovem jogadora. Mais tarde, sofri abusos sexuais por outros dois homens. Todos os três estavam na Federação de Futebol dos Países Baixos quando isto aconteceu. Só aqueles em quem realmente confio sabem o abuso sistemático de que fui alvo, bem como o clima de intimidação e bullying que sofri enquanto jogava e treinava na federação», pode ler-se numa extensa nota publicada no Twitter.


Antiga defesa, Vera Pauw, 59 anos, pendurou as botas em 1991, iniciando a carreira de treinador em 1998, na Escócia. Liderou os Países Baixos entre 2004 e 2010, seguindo-se Rússia, África do Sul, Tailândia e República da Irlanda.


Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias