Equador refuta acusações do Chile

CONMEBOL 05.05.2022 20:50
Por Redação

A Federação de Futebol do Equador (FEF) reagiu, esta quinta-feira, à queixa apresentada pelo Chile à Fifa. Em causa está a utilização de Byron Castillo, que terá adulterado a certidão de nascimento, e que pode retirar os equatorianos do Mundial-2022.


Através de um comunicado, a FEF volta a reiterar que o lateral de 23 anos «é um cidadão do Equador para todos os efeitos legais» e que «está devidamente inscrito na federação, com a documentação necessária». Por último, o organismo revela que já entrou em contacto com a FIFA para prestar todos os esclarecimentos necessários.


Recorde-se que o Chile pede a retirada dos oitos pontos conquistados pelo Equador nos jogos em que Byron Castillo foi utilizado. Em contrapartida, os adversários veriam atribuídos os três pontos relativos a essa partida, um conjugar de decisões que elevaria o Chile, que ficou no sétimo posto, ao quarto lugar e ao apuramento direto para o Mundial-2022.


Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias