«Conheço bem Raúl de Tomás, cuidado...»

Grécia 11-11-2021 09:41
Por Redação

Odysseas Vlachodimos estará esta noite na baliza da Grécia, tentando evitar golos da Espanha em jogo de apuramento para o Mundial-2022. Os espanhóis são segundos no grupo B, a dois pontos da Suécia, com quem domingo discutem a classificação direta.

 

O guarda-redes do Benfica falou ao jornal Marca sobre o embate com a Espanha, falando dos seus pontos fortes: «Toda a gente sabe que Espanha tem posse de bola muito forte, o controlo de bola é o maior ponto forte», disse, não valorizando os vários lesionados que Luis Enrique tem, e recordando a ligação através do Benfica ao ex-companheiro Raúl de Tomás.

 

«Sim, têm lesionados, mas têm outros jogadores tão bons que não se vai notar, sinceramente. Não está o Ansu Fati, mas está Raúl de Tomás, gosto muito dele. Conheço-o porque joguei seis meses com ele e cuidado, é muito bom, está a ter uma carreira incrível no Espanhol. Fico muito contente por ele, teremos de ter cuidado.»   

 

O espanhol conta já com sete golos e duas assistências esta época, com exibições que lhe valeram a primeira chamada à seleção principal de Espanha, onde já não ia desde os 19 anos, na altura a representar as camadas jovens.

 

 A Grécia tem menos quatro pontos que a Espanha e ainda pode ser segunda, para tentar acesso ao playoff, mas não depende de si.

 

E porque acabou a guarda-redes? A culpa é do irmão… «Tenho um irmão mais velho que só queria rematar. Por isso desde pequeno que tive de ir eu à baliza. Nunca joguei noutra posição, se calhar tenho de agradecer ao meu irmão…»

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias