Mundial do Qatar terá especialistas em concussões cerebrais nas bancadas

Mundial 2022 07-05-2021 13:46
Por Redação

A FIFA vai introduzir especialistas em concussões cerebrais nas bancadas durante o próximo Campeonato do Mundo para que sejam detetadas com maior facilidade lesões graves que possam passar despercebidas. O objetivo da medida é «tornar o jogo muito mais seguro».

 

Os observadores especialistas irão monotorizar os encontros e identificar possíveis lesões cerebrais, com os médicos das respetivas seleções a terem igualmente acesso a repetições de jogadas em vídeo. 

 

«Muitas vezes, os treinadores, os árbitros assistentes e os jogadores estão à nossa frente, por isso é fácil não detetar lesões», explicou o diretor de medicina do organismo Andrew Massey, que acrescentou que «todas as competições organizadas pela FIFA passam a ter repetições e observadores especializados na bancada a analisar tudo isto para passar informação aos bancos, se necessário».

 

É a primeira vez que tais especialistas serão utilizados num torneio desta dimensão, embora já tenha havido experiências no Mundial de Clubes. Outras modalidades como o futebol americano e o râguebi já colocaram a medida em prática.

 

Os jogadores que sofrerem lesões na cabeça em jogos de seleções podem ser substuídos, mesmo que todas as substituições legais já tenham sido feitas.

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias