Brendan Rodgers recorda Mourinho e pede guarda de honra ao Rangers: «Sejam humildes»

Celtic Glasgow 16-03-2021 10:50
Por Redação

Brendan Rodgers considera que o Celtic deve colocar de parte a rivalidade e fazer guarda de honra ao Rangers, que vai entrar, domingo, no Celtic Park, para disputar a penúltima jornada da fase regular do Premiership já com o título de campeão escocês assegurado.

 

«Devemos mostrar humildade, classe e espírito desportivo. Essa é a minha forma de ver as coisas», começou por dizer à Sky Sports o irlandês que treinou o Celtic entre 2016 e 2019.

 

Como exemplo, Rodgers recordou o título conquistado pelo Chelsea em 2005, com José Mourinho e companhia a receberem guarda de honra do Manchester United em pleno Old Trafford.

 

«Nunca vou esquecer. Eu estava no Chelsea [n.d.r treinador da equipa de reservas] naquela época em que ganharam o primeiro título com Mourinho. Fui a Old Trafford ver o jogo e tenho a certeza de que os jogadores do Manchester United não queriam fazer guarda de honra. Deve ter sido muito, muito difícil, mas mostrou a classe e humildade de Alex Ferguson [n.d.r. na altura treinador do Man. United]», recordou.

 

«É desportivismo. E, ao mesmo tempo, pode injetar motivação para o futuro. Para mim é algo que, apesar da rivalidade, deve ser feito e depois ser usado como motivação», prosseguiu.

 

Brendon Rodgers, que está atualmente no comando técnico do Leicester, deixou também elogios a Steven Gerrard, treinador que conduziu o Rangers ao primeiro título na Premiership escocesa em dez anos.

 

«Fez um excelente trabalho. O Rangers foi a equipa mais consistente desde o início. Conseguiu estabilizar o clube e criou um estilo de jogo. A rivalidade entre Celtic e Rangers é intensa, há muita exigência e expetativa. Como adepto do Celtic fico triste, claro, mas o Rangers foi a equipa mais consistente e merece o título», rematou.

 

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias

Mundos