Valência em queda livre: Plantel aponta à… manutenção

Espanha 19-10-2020 12:55
Por Redação

A Marca dá esta segunda-feira conta de um mal-estar generalizado no balneário do Valência, onde atuam os portugueses Gonçalo Guedes e Thierry Correia. Em profunda crise desportiva, o emblema che foi obrigado a deixar sair alguns dos principais nomes no mercado de transferências (Dani Parejo e Rodrigo Moreno) e não conseguiu reforçar-se devido à crise financeira em que se encontra.

 

Uma situação que levou Javi Gracia a pedir a demissão – que não se consumou porque o técnico espanhol não conseguiu pagar a rescisão – e o plantel a baixar os objetivos. Um ano depois de ter chegado aos oitavos de final da Liga dos Campeões, os jogadores apontam agora à manutenção no campeonato espanhol. «É o objetivo mais realista, não as provas europeias», desabafou Carlos Soler à Cadena Cope.

 

Recorde-se que, com seis jogos disputados, o Valência ocupa o 13.º posto com sete pontos, mais três que o Alavés, primeira equipa em zona de despromoção.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias