Chelsea acusa FIFA: «Trataram-nos de forma diferente ao Man. City»

Inglaterra 06-12-2019 17:13
Por Redação

O Tribunal Arbitral do Desporto reduziu esta sexta-feira a suspensão do Chelsea. Recorde-se que os londrinos encontravam-se impedidos de realizar transferências por infração das normas na contratação de menores.

 

Através de um comunicado oficial, os blues congratulam-se pela decisão, mas deixam uma série de críticas à FIFA que tratou o caso «de forma diferente em relação ao do Manchester City [os citizens cometeram a mesma infração, mas não foram impedidos de realizar transferências pela cooperação prestada à FIFA], por motivos que não fazem sentido nenhum».

 

«A FIFA acusa o Chelsea de ter quebrado as regras na inscrição de 27 jogadores desde 2009. Desses, 16 foram registados pelo Chelsea exatamente da mesma forma que todos os outros clubes da Premier League fizeram. Procurámos ainda clarificar a situação com Federação Inglesa em 2009, que confirmou com a FIFA que para estes jogadores não era preciso qualquer autorização especial para esta categoria de jogadores. Ainda bem que isto foi clarificado pelo TAS» , pode ler-se no site oficial.

 

«Respeitamos o trabalho da FIFA no que toca à proteção de menores e cooperou totalmente durante a investigação. No entanto, a FIFA continua a atribuir sanções inconsistentes e desiguais aos clubes, que acabam por retirar força aos regulamentos», concluíram.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos