V. Guimarães: nunca neste século outra equipa teve quatro treinadores até à 8.ª jornada!
Estádio Afonso Henriques (IMAGO

V. Guimarães: nunca neste século outra equipa teve quatro treinadores até à 8.ª jornada!

NACIONAL06.10.202308:15

Parece uma trituradora: Moreno Teixeira, João Aroso, Paulo Turra e, a partir de domingo, Álvaro Pacheco. E vão quatro treinadores em apenas oito jornadas...

Álvaro Pacheco vai estrear-se neste domingo como treinador do V. Guimarães. Será o quarto técnico dos vitorianos na presente temporada, depois de Moreno, João Aroso (interino), Paulo Turra e agora Álvaro Pacheco.

A normalidade, no V. Guimarães, é os treinadores mudarem com frequência. Tal como, aliás, em quase todos os clubes do futebol português e não só. Os vimaranenses, desde 2000, já apostaram em nada menos de 26 treinadores. Álvaro Pacheco será, no domingo, o 27.º.

Álvaro Pacheco é agora o treinador do Vitória

E só oito conseguiram iniciar e concluir uma temporada: Augusto Inácio, Manuel Machado, Manuel Cajuda, Rui Vitória, Pedro Martins, Luís Castro, Ivo Vieira e Pepa.

O recordista é mesmo Rui Vitória, vencedor da Taça de Portugal 2012/2013 frente ao Benfica, que se aguentou três épocas seguidas: 2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015.

Neste período, de 2000 a 2023, passaram muitos treinadores cotados pelo banco do V. Guimarães. Augusto Inácio, Rui Vitória, Jaime Pacheco, Jorge Jesus e Sérgio Conceição, por exemplo, já tinham sido ou seriam depois campeões nacionais. 

Rui Vitória esteve três épocas seguidas no V. Guimarães

Outros, como Quinito, Manuel Cajuda, Manuel Machado, José Peseiro, Luís Castro, Nelo Vingada, Pedro Martins, Paulo Sérgio, Álvaro Magalhães, são experientíssimos técnicos. Ou ainda João Henriques, Armando Evangelista e Paulo Autuori.

Muitos outros, como António Ribeiro, Basílio Marques, João Aroso e Vítor Campelos, passaram de forma transitória pelo banco, assegurando a passagem de testemunho entre o treinador que saía e o que entrava.

De forma mais consistente, o V. Guimarães apostou ainda em Vítor Pontes, Bino, Tiago Mendes e, recentemente, em Moreno Teixeira e Paulo Turra.

Paulo Turra, o último 'sacrificado'...

Chega agora a vez de Álvaro Pacheco e, pela primeira vez nos últimos 50 anos, uma equipa portuguesa apresentar-se-á, à oitava jornada da Liga, já com quatro treinadores utilizados. Moreno Teixeira, João Aroso, Paulo Turra e, já no domingo, Álvaro Pacheco.

É tão raro que, neste século, apenas uma equipa portuguesa teve mais do que os quatro treinadores que o V. Guimarães já leva neste arranque de Liga: o Beira-Mar em 2004/2005 foi orientado pelo inglês Mick Wadsworth e depois pelos portugueses Manuel Cajuda, Paulino Silva (interino), Luís Campos e Augusto Inácio. Nada menos de cinco. 

Para já, o Vitória ainda está atrás, embora ainda estejam cumpridas apenas sete jornadas. E os aveirenses, nessa Liga de há 19 anos, apenas tinham tido Mick Wadsworth e Manuel Cajuda até à jornada 7.

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer