Todibo justifica-se: «Ri-me, mas de modo algum estava a gozar, podia ser a minha mãe»

Todibo justifica-se: «Ri-me, mas de modo algum estava a gozar, podia ser a minha mãe»

INTERNACIONAL16.10.202317:28

Central ex-Benfica meteu água na fervura depois da cena que protagonizou durante minuto de silêncio no Países Baixos-França

A tempestade que se abateu sobre Jean-Clair Todibo, que na passada sexta-feira foi apanhado a rir-se durante minuto de silêncio antes do Países Baixos-França, em homenagem ao professor assassinado por extremista islâmico no norte de França, levou a federação gaulesa de futebol a colocar o antigo defesa-central do Benfica perante os jornalistas esta segunda-feira, para se explicar antes do França-Escócia de amanhã - foi, de resto, já convocado pelo Conselho Nacional de Ética para se justificar.

O contexto era bastante particular: nas bancadas estávamos entre os adeptos adversários, alguns fizeram piadas e eu dei um riso nervoso

«Queria expressar-me em relação ao quão longe está a ir a situação. A interpretação que estão a fazer é de loucos. De forma alguma estava a gozar com a situação atual. O contexto era bastante particular: nas bancadas estávamos entre os adeptos adversários, alguns fizeram piadas e eu dei um riso nervoso. Em momento algum gozei com a situação», justificou o defesa, que foi ainda mais longe, garantindo que nunca faria tal coisa porque a progenitora trabalha no sistema de educação francês e também ela podia ter sido vítima.

 «Estou emocionado porque isto afeta a educação que a minha mãe me deu. Vocês [jornalistas] deviam saber que a minha mãe trabalha na educação, isto poderia ter acontecido com ela», apontou o jogador de 23 anos, que é muçulmano.

O selecionador Didier Deschamps também se pronunciou sobre a polémica e até deu conta que «era desejo» de Todibo vir a público explicar-se e desculpar-se.

«Isto assumiu uma escala significativa. Ele ficou afetado, obviamente, pelo que se seguiu à sua atitude. Desculpou-se junto de mim. Era melhor dar a cara e expressar-se com suas palavras do que emitir um comunicado à imprensa. A situação não é a melhor, mas continua disponível para o jogo de amanhã», assegurou o selecionador francês.

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer