«Queremos ter um bom início e justificar o carinho que temos recebido dos portugueses»

Seleção «Queremos ter um bom início e justificar o carinho que temos recebido dos portugueses»

NACIONAL22.03.202316:56

Roberto Martínez revelou como têm sido os primeiros dias de treino no comando da Seleção Nacional.

«Foi um grande início. Para mim era ver o compromisso e intenção dos jogadores, e estou satisfeito. É importante para eles representar a seleção. É trabalhar nestes dois jogos e isso é o mais importante», começou por dizer, em declarações ao Sport TV.

Sobre o sistema tático, admitiu que pode lançar a equipa num esquema de três centrais.

«A estrutura irá variar, podemos jogar com três centrais, mas o mais importante é adaptarmo-nos ao adversário, ter bons conceitos, defender bem como equipa, manter a bola e ter personalidade. Depende e temos de ser flexíveis. Depois do treino de hoje ficará claro como jogaremos», prosseguiu.

O treinador negou que esteja a pensar utilizar duas equipas diferentes frente a Liechtenstein e Luxemburgo.

«Os pontos são os mesmos e vamos trabalhar da mesma maneira. O mais importante é que a equipa corra e tenha um bom ritmo, o adversário é irrelevante, queremos é ter um bom início, justificar o carinho que temos recebido dos portugueses, já que vamos ter um estádio cheio», referiu.

Roberto Martínez abordou ainda a dispensa de Diogo Costa, que se encontra lesionado: «O Rui Patrício e o José Sá estão a trabalhar bem, é triste perdermos o Diogo Costa, mas temos de evitar qualquer problema e dispensámos o Diogo Costa. Temos outras soluções.»

Foi deixada ainda uma mensagem aos portugueses: «Muita ilusão, posso prometer que estes jogadores têm um grande compromisso e vão demonstrar qualidade. Ter o estádio cheio fará com que demos o máximo em campo.»