Marco Silva atira-se ao VAR: «É difícil compreender…»

Fulham Marco Silva atira-se ao VAR: «É difícil compreender…»

INTERNACIONAL20.03.202314:53

Chris Kavanagh foi protagonista no duelo entre Manchester United e Fulham, para os quartos de final da Taça de Inglaterra, em Old Trafford, ao mostrar três cartões vermelhos no mesmo minuto, todos a elementos da equipa visitante: a Willian, por cortar a bola com a mão, e a Mitrovic e a Marco Silva, por protestos. No final, o árbitro foi alvo de críticas do técnico português.

«Antes do penálti e dos cartões vermelhos estávamos claramente a ser a melhor equipa em campo. O lance do penálti era uma decisão que o VAR podia tomar. O que é difícil de compreender é porque, na primeira parte, ninguém viu nem verificou dois lances a nosso favor, um deles era claramente penálti», referiu à ITV, acrescentando depois em conferência de imprensa:

«É difícil aceitar este tipo de decisões porque (o Manchester United) é um grande clube, todos sabemos, há um grande respeito, mas estamos nos quartos de final e as mesmas condições têm de ser dadas as ambas as equipas para que possam seguir na competição. Não podem decidir de uma forma e, depois, porque é o Fulham ou o Manchester United, decidir de forma diferente em lances iguais. O árbitro pode sentir a pressão por estar aqui (Old Trafford), como eu, Ten Hag ou os jogadores de ambas as equipas sentem, mas as pessoas que se sentam no escritório (VAR)… é difícil aceitar estas decisões.»

Marco Silva assumiu, porém, que, tanto ele como Mitrovic, devem «controlar melhor as emoções» para evitar expulsões futuras por protestos.