Luz e Benfica Campus de novo eleitos melhores relvados da Liga e Liga 2

Liga Luz e Benfica Campus de novo eleitos melhores relvados da Liga e Liga 2

NACIONAL22.03.202316:10

O Estádio do Sport Lisboa e Benfica (Luz, em Lisboa) e o Campo N.º 1 do Benfica Campus, no Seixal, foram eleitos os melhores da 25.ª jornada da Liga e Liga 2, respetivamente, anunciou esta quarta-feira a Liga Portugal.

O ‘tapete verde’ dos encarnados, líderes da classificação do campeonato, com 68 pontos – dez pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o FC Porto, campeão nacional, que soma 58 pontos - cimenta, assim, com esta nova distinção, o primeiro lugar da classificação geral acumulada da temporada.

«Um bom relvado é, cada vez mais, um fator determinante para a qualidade do espetáculo e, por inerência, para a promoção e valorização do produto.

Como tal, tratando-se de um tema que se reveste da máxima importância, a Liga Portugal atribui notas a cada um dos tapetes verdes nas respetivas jornadas, numa escala de zero a cinco, promovendo uma classificação detalhada», atualizada ao longo da temporada, detalha a Liga, em nota enviada às redações neste dia, onde esclarece que o relvado da Luz foi o único a merecer nota máxima, de 5 (cinco) valores.

Em segundo lugar, no que toca aos relvados de clubes da Liga nesta 25.ª jornada, ficou a ‘pedreira’ (Estádio Municipal de Braga), com 4,5 pontos, enquanto o Bessa XXI (Boavista) e o Estádio Municipal de Arouca mereceram nota 4 dos avaliadores da Liga: falta ainda o jogo desta ronda em Barcelos, entre Gil Vicente e Sporting, que será jogado só a 5 de abril.

Mesmo na avaliação global da Liga, nas 25 jornadas – a que somam, ainda, todas as fases da Taça da Liga (Allianz Cup), o relvado da Luz cimenta a preferência de condições ideais, com média de 4,75 valores, seguido por Alvalade (Sporting), com 4,64 valores e o Estádio Cidade de Barcelos (Gil Vicente) fechar o pódio, com 4,58 de avaliação média.

Em 14 jogos da Liga 2022/23 na Luz (mais Taça da Liga), o acumulado do Benfica vai em 66,50 pontos, média de 4,75 valores, para 69,92 pontos do Estádio José Alvalade (Sporting) em 15 encontros desta temporada, média de 4,75 valores, com o Estádio Municipal de Barcelos cotado com acumulado de 59,50 pontos em 13 jogos da Liga na corrente época, média de 4,64 valores.

Em quarto vem o Estádio do Dragão (FC Porto), com um acumulado de 65,50 pontos em 15 encontros caseiros dos dragões neste campeonato, à média de 4,37 valores por jogo

Já na Liga 2, o relvado do Campo N.º1 do Benfica Campus também foi eleito o melhor da 25.ª jornada e consolidou, de igual forma, o acumulado na classificação geral da temporada em curso, tendo arrecadado a melhor nota da ronda, 4,88 valores.

Em segundo lugar da Liga 2, ficou o relvado do algarvio Estádio de São Luís (Farense), com 4,25 valores, e em terceiro cinco estádios, todos empatados com nota 4: o Estádio Municipal do Fontelo (Académico de Viseu), o Estádio Marcolino de Castro (Feirense), o Estádio João Cardoso (Tondela), o Estádio Municipal 25 de abril (Penafiel) e ainda o Estádio José Gomes (Reboleira, Amadora).

Na classificação geral, que engloba, também, todos os jogos da Taça da Liga, o ‘tapete verde’ da equipa B encarnada, liderada por Luís Castro, lidera a classificação acumulada da época, com uma média de 4,88 valores/jogo, seguido pelo palco habitual do Tondela como visitante, o Estádio João Cardoso, com 3,81 valores, com o Estádio Nacional (Caxias, Oeiras) – palco dos jogos da B SAD – foi eleito o terceiro melhor da ronda, com 3,80 pontos.

Na classificação geral de 2022/23, os 15 jogos no Benfica Campus apresentam já um acumulado de 69,75 pontos (média de 4,65 pontos por jogo), com o recinto do Benfica B a liderar a classificação, seguido pelo Estádio João Cardoso, em Tondela, com 45,75 pontos em 12 jogos (média de 4,65/jogo), em segundo lugar, e o Estádio Nacional, com 14 jogos já ali disputados e um acumulado de pontuação de 53,12 pontos, à média de 3,80 pontos por encontro.