Guerra aberta entre Ronaldo e Câmara de Valladolid

Valladolid Guerra aberta entre Ronaldo e Câmara de Valladolid

INTERNACIONAL06.06.202315:24

Está aberta uma guerra entre Ronaldo, dono do Valladolid – que acaba de voltar a descer de divisão – e o presidente da câmara da cidade.

O brasileiro queixou-se recentemente que o clube tinha recebido pouco apoio autárquico, falando em «promessas não cumpridas».

Oscar Puente, que está prestes a deixar a câmara, devolveu as críticas ao antigo jogador. «O que Ronaldo diz não me apanhou de surpresa, mas ouvi o que disse e foi um pouco alucinante. Não é analisado quem levou a equipa a descer duas vezes em quatro anos; não houve uma conferência de imprensa a assumir responsabilidades, mas antes uma atribuição de culpas por todo o lado – adeptos, imprensa e presidente da câmara. Asseguro que coloquei no clube todo o meu carinho, empenho e recursos públicos», refere Oscar Puente.

O autarca, que se queixou também de ter sido sentado num lugar diferente no último jogo da época, levanta ainda uma suspeição quanto aos dinheiros camarários atribuídos ao clube. «O grande problema de Ronaldo é que não sabe bem onde está. Nem o país em que vive nem em que cidade aterrou. O que ele quer não é possível em Espanha. Não lhe posso oferecer o estádio nem ceder durante 50 anos e assumir eu os custos. A câmara acordou a cedência de 5 milhões de euros ao clube, o que fizeram com o dinheiro não sei.»

  

Puente está a dez dias de sair do cargo, pelo que deixou um aviso ao sucessor: «As declarações de Ronaldo sobre mim têm dupla intenção: primeiro são uma cortina de fumo para tudo o que se está a passar no clube, depois são um aviso para o próximo presidente, pois são uma espécie de chantagem ´ou fazes como quero ou vê o que faço’.»

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer