Gianni Infantino reeleito presidente

FIFA Gianni Infantino reeleito presidente

INTERNACIONAL16.03.202309:40

Gianni Infantino foi reeleito, esta quinta-feira, presidente da FIFA, no congresso realizado em Kigali, no Ruanda.

O dirigente, que não teve oposição, vai, assim, cumprir mais um mandato, entre 2023 e 2027, no organismo que rege o futebol mundial.

«Há muito a fazer e estamos aqui para organizar competições e desenvolver o futebol. Ao nível das competições, vamos organizar o Mundial feminino, em 2023. Vamos passar de 24 para 32 equipas. Também vamos organizar o maior Campeonato do Mundo masculino, em 2026, aumentando-o para 48 seleções. Será o primeiro Mundial para muitos países. Temos de ser inclusivos», apontou, falando sobre o novo modelo do Mundial de Clubes:

«Também decidimos criar um novo Mundial de Clubes, que vai realizar-se de quatro em quatro anos, com as 32 melhores equipas do mundo, que vão jogar num só sítio, para decidir qual é o melhor clube do mundo. Faremos algo semelhante ao nível feminino», atirou.

Infantino, que revelou que revelou que o Mundial sub-17 masculino e feminino passará a ser jogado todos os anos, «para gerações não serem perdidas», referiu ainda que a FIFA vai lançar um videojogo para concorrer com a EA Sports.

«O novo jogo da FIFA, o FIFA 25, 26, 27, e por aí fora, sempre será o melhor jogo para qualquer rapaz e rapariga. Daremos novidades em breve», concluiu.