FPF confirma candidatura ibérica com Marrocos

FPF FPF confirma candidatura ibérica com Marrocos

NACIONAL15.03.202317:24

24 horas depois de Marrocos ter anunciado a parceria com Portugal e Espanha para a organização do Mundial-2030, a Federação Portuguesa de Futebol confirmou o acordo e a candidatura a três. Em comunicado, o organismo sublinha como a candidatura conjunta «contribuirá para reforçar os laços entre a Europa e África».

Eis a nota da FPF:

«Fernando Gomes e Luis Rubiales, presidentes da FPF e da RFEF, alcançaram o acordo com Fouzi Lekjaa, presidente da Federação Real Marroquina de Futebol, para formalizar a candidatura mais forte possível a nível social, desportivo, cultural e de infraestruturas.

Os presidentes das duas federações anunciaram esta decisão aos representantes das federações europeias na reunião da UEFA, organizada à margem do Congresso da FIFA, que se realizará esta quinta-feira em Kigali, e foi recebida de forma muito positiva.

É uma candidatura histórica, já que pela primeira vez seria realizado um Mundial em dois continentes.

A união dos três países vizinhos contribuirá para reforçar os laços entre a Europa e África, bem como todo o Mediterrâneo, e inspirará milhares de jovens de ambos os continentes num projeto comum que tem como eixo fundamental o impacto que o futebol pode ter no desenvolvimento desportivo e social da região.

A participação da Ucrânia no projeto será clarificada em tempo oportuno devido à situação que o país atravessa, bem como do presidente da Federação Ucraniana de Futebol, Andriy Pavelko, que está atualmente suspenso das suas funções.

Esclarecemos que esta decisão não diminui o número de sedes que corresponderão a Espanha e Portugal em linha com o que foi comunicado nos meses anteriores.

A FPF e a RFEF agradecem aos governos de Portugal e Espanha o apoio que declararam a este projeto durante a Cimeira Ibérica.

A FRMF indicará em breve os seus representantes que se juntarão à comissão coordenadora do Mundial 2030, liderada por António Laranjo. A candidatura cumprirá os prazos previstos para a apresentação do seu caderno de encargos à FIFA.»