Detalhes atrasam reforços

FC Porto Detalhes atrasam reforços

NACIONAL20.07.202300:03

O negócio a envolver FC Porto, Boca Juniors e Alan Varela está praticamente fechado, havendo acordo nos seus termos gerais. Faltam, sim, pormenores para o jogador viajar para Portugal, onde terá à sua espera um contrato válido por cinco temporadas.

Os dragões apresentaram argumentos válidos para ultrapassar uma cláusula de rescisão do médio de 15 milhões de dólares e atingiram a fasquia dos 8 milhões de euros, mais dois milhões de euros em bónus por objetivos e 20 por cento dos direitos económicos numa futura transferência. É sobre este último valor que as negociações prosseguem entre clubes, embora sendo praticamente um dado adquirido que Alan Varela já não escapa a vestir de azul e branco na campanha 2023/2024.


Sem estar encerrado o diálogo entre FC Porto e Boca Juniors, o técnico xeneize, Jorge Almirón conta com Alan Varela para a partida desta noite frente ao Barracas Central, a disputar em Santiago Del Estero, da Taça da Argentina. O médio foi chamado a esta deslocação e, para gáudio dos adeptos daquela cidade a mil quilómetros de Bueno Aires, concedeu autógrafos e saudou os entusiastas locais do Boca. Almirón, inclusivamente, trabalhou a equipa que vai defrontar o Barracas Central e colocou Alan Varela no onze provável, à semelhança do que havia feito há dias, antes de enfrentar o Gimnasia.


Os responsáveis portistas pretendem fechar esta contratação e que Alan Varela viaje na quinta-feira para Portugal, de forma a integrar o jogador no estágio que o conjunto de Sérgio Conceição está a cumprir no Algarve.
 

NICO GONZÁLEZ

O FC Porto tem via aberta para contar com Nico González. O médio do Barcelona estava a treinar-se sob a orientação de Xavi Hernández, mas viu o seu nome riscado da digressão que o campeão espanhol vai cumprir nos Estados Unidos. O técnico dos catalães tinha tido, na véspera, uma conversa com o centrocampista, na qual lhe comunicou que, face à concorrência pelo lugar, não lhe iria conceder minutos suficientes para evoluir, pelo que lhe deu autorização para procurar um outro destino onde possa confirmar as suas qualidades. Na temporada passada, Nico González esteve no Valência, também cedido, onde o seu desempenho apenas foi marcante na etapa final, após ter superado uma lesão.


O interesse do FC Porto em Nico González foi manifestado em devido tempo, contando com a colaboração do agente do atleta, Jorge Mendes, que lhe abriu as portas do Dragão numa perspetiva de empréstimo e com a possibilidade de jogar na Champions. Este aliciante agradou ao atleta, servindo, igualmente, para afastar a concorrência dos azuis e brancos, que não lhe oferece palco tão majestoso.


Com negociações bastante adiantadas entre as três partes - e que devem ser seladas com um aperto de mão muito em breve -, até porque Deco, diretor do Barcelona, também se mostrou disponível para validar esta opção, a mudança está presa por detalhes, que se prendem com a opção de compra que os portistas desejam colocar no acordo de empréstimo, com o objetivo de poderem beneficiar em termos financeiros da situação, caso Nico González obtenha o mediatismo desejado por todos.

 

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer