«Conheci menos criminosos em 25 anos de direito penal do que em dois de futebol»

UEFA «Conheci menos criminosos em 25 anos de direito penal do que em dois de futebol»

INTERNACIONAL16.03.202308:50

Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, falou, na quarta-feira, sobre a Superliga e a pressão em Inglaterra que levou ao abandono dos clubes do país, tendo feito uma comparação entre a sua carreira como advogado e o futebol.

«Conheci menos criminosos em 25 anos de direito penal do que em dois anos de futebol. Temos de manter o futebol longe dos tubarões», apontou, em entrevista ao programa The Overlap, do canal de Youtube do antigo futebolista Gary Neville.

«Dois clubes ingleses hesitaram muito. Disseram-me que queriam continuar amigos da UEFA: 'Seremos amigos de dentro'», prosseguiu, confirmando tratar-se de Chelsea e Manchester City.

«Havia dois proprietários que estavam envolvidos. Recebi um telefonema de um dos clubes ingleses, não vou revelar qual. Fiquei um pouco chateado e disse-lhes: 'Vão para o inferno, a partir de amanhã vocês são nossos inimigos, não quero falar mais convosco'. Foi muito difícil», admitiu.

«Sem clubes ingleses não havia maneira da Superliga ter sucesso. Não estou preocupado com o domínio económico da Premier League, porque está a fazer um bom trabalho do ponto de vista financeiro e as outras ligas deveriam fazer melhor», concluiu.