Bétis, Brondby, FC Porto e Sporting no 40.º Torneio Internacional da Pontinha

Futebol Bétis, Brondby, FC Porto e Sporting no 40.º Torneio Internacional da Pontinha

FUTEBOL22.03.202322:20

Reconhecido a nível nacional e internacional como um dos mais prestigiados torneios de futebol infantil, a 40.ª edição do Torneio Internacional do CAC (Clube Atlético e Cultura da Pontinha), iniciativa de futebol infantil da qual A BOLA é parceira, foi esta quarta-feira apresentada nos Paços do Concelho, em Lisboa, com várias personalidades de relevo a abrilhantar a festa do futebol dos mais pequenos, que irá decorrer de 6 a 9 de abril no Complexo Desportivo do Alto do Lumiar.

O torneio conta com as participações de oito equipas, três delas estrangeiras: CAC, Sporting, FC Porto, SC Braga, Belenenses, Bétis de Sevilha (Espanha), Brondby (Dinamarca) e US Grigny (França).

De acordo com o sorteio das oito equipas por dois grupos de quatro clubes, efetuado esta quarta-feira no edifício da Câmara Municipal de Lisboa, no Grupo A, ficaram FC Porto, SC Braga, Bétis de Sevilha e US Grigny, enquanto o Grupo B é composto por CAC, Sporting, Belenenses e Brondby. O primeiro jogo será o FC Porto-Bétis.

O patrono da edição de 2023 do Torneio do CAC é… o presidente da Liga, Pedro Proença: o antigo árbitro cresceu precisamente na Pontinha, local de onde o torneio da ‘pequenada’ é originário, embora o palco da sua realização tenha mudado nos últimos anos.

Nas anteriores edições, o Torneio Internacional da Pontinha disputou-se noutro recinto, pelo que Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJFP) deixou neste dia um desafio às entidades competentes.

«Que o CAC rapidamente tenha as condições para continuar a fazer o que melhor sabe em Portugal, que é apoiar a prática desportiva juvenil, formar jogadores e desta forma credibilizar o futebol português», foi o repto deixado, na ocasião, pelo presidente da associação de classe dos jogadores.

O facto de - por inexistência de instalações próprias do clube organizador, o CAC Pontinha – o torneio se realizar no Alto do Lumiar mereceu a atenção de Pedro Proença. «É inacreditável que um torneio desta dimensão, que tanto talento tem produzido ao longo destes anos, esteja, ainda nesta altura, a um ano de o CAC celebrar os seus 50 anos de existência, com problemas de infraestruturas», criticou o patrono da edição do corrente ano.

Já à organização, o responsável máximo da Liga de Futebol teceu rasgados elogios. «A toda a direção do Clube Atlético e Cultural da Pontinha, desejo as maiores felicidades! E tenho a dizer que para todos nós, parte da ‘tribo do futebol’, como Rui Costa, Luís Figo e Cristiano Ronaldo, que neste torneio jogaram, é um privilégio fazer parte deste torneio», admitiu Pedro Proença, que enalteceu o respeito que a competição sempre demonstrou pela classe da arbitragem, sublinhando a sua escolha para patrono como prova.

«É um sinal de grande orgulho e satisfação», assumiu, afinando pelo mesmo diapasão das intervenções das entidades presentes na ocasião, que incluíram dirigentes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e da AF Lisboa, além de responsáveis dos respetivos Conselhos de Arbitragem.

Também o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e os vários autarcas das freguesias e edilidades se fizeram representar no evento que, como é tradição, se concluiu com o sorteio da competição, que irá ser a alegria dos mais pequenos de quinta-feira a domingo, 6 a 9 de abril, prova sobre a qual A BOLA tudo lhe irá trazer.

Veja a publicação de Pedro Proença, presidente da Liga e patrono da edição deste ano do torneio: