Leiloeiras estão recetivas às criptomoedas e ‘vendem’ artigos desportivos em troca de bitcoin

Desporto 30-03-2021 15:16

A Goldin Auctions, que é conhecida por leiloar itens desportivos de alto valor, incluindo um cartão da época de estreia na NBA de Lebron James que foi vendido por 1,8 milhões de dólares (1,5 milhões de euros) em 2020, decidiu aceitar Bitcoin e Ether com base na "procura dos consumidores", disse Ross Hoffman, CEO da casa de leilões.

João Tereso Casimiro

A casa de leilões de artigos desportivos ‘Goldin Auctions’ anunciou que vai começar a aceitar criptomoedas como forma de licitação, seguindo o exemplo da casa de leilões Christie’s, que aceitou a criptomoeda Ether numa venda avaliada em 69 milhões de dólares (58,9 milhões de euros) no início deste mês, segundo a “Bloomberg”.

A Goldin Auctions, que é conhecida por leiloar itens desportivos de alto valor, incluindo um cartão da época de estreia na NBA de Lebron James que foi vendido por 1,8 milhões de dólares (1,5 milhões de euros) em 2020, decidiu aceitar Bitcoin e Ether com base na “procura dos consumidores”, disse Ross Hoffman, CEO da casa de leilões.

A casa de leilões já aceitou dois pagamentos em criptomoedas, para um cartão do rapper Jay-Z que foi vendido por 103,2 dólares (88 euros) a 20 de março. “É incrível como a tecnologia é fácil de integrar”, diz Hoffman. “Tivemos a ideia [de aceitar criptomoedas] há duas semanas, fizemos a integração e aceitamos o nosso primeiro pagamento em Bitcoin na semana passada.”

Esta não é a primeira incursão da Goldin Auctions em tecnologias baseadas em blockchain. No início do ano, a casa de leilões fez parceria com a estrela do Youtube Logan Paul para leiloar uma caixa de cartas Pokémon. Os licitantes vencedores também receberam cartões comerciais holográficos emparelhados com certificados digitais de autenticidade conhecidos como NFTs.

“Parece que já foi há muito tempo, mas penso que foi em janeiro ou fevereiro”, diz Hoffman. “Temos feito experiências nesta área desde muito cedo.”

Ler Mais