Bundesliga vai negociar direitos televisivos com fundos de investimento

Desporto 24-02-2021 15:54

A venda permitirá à Bundesliga recuperar uma parte da receita perdida com a pandemia de Covid-19, com o FC Bayern Munich e o Borussia Dortmund, dois dos maiores clubes do futebol alemão, a registarem perdas de 50 e 63 milhões de euros, respetivamente.

João Tereso Casimiro

Através de um leilão, a Bundesliga vai vender os seus direitos televisivos existindo já 30 entidades interessadas. Entra elas surgem vários fundos de investimento que se posicionam como favoritos a garantir a transmissão dos jogos da primeira liga alemã, segundo o portal “Palco23”.

A Liga Alemã de Futebol (DFL – sigla em inglês) já entrou em contacto com cerca de 30 licitadores interessados ​​em investir numa participação minoritária na subsidiária comercial responsável pela venda internacional dos direitos televisivos da Bundesliga, um processo que pode ocorrer ainda esta semana, segundo a “Bloomberg”.

A venda permitirá à Bundesliga recuperar uma parte da receita perdida com a pandemia de Covid-19, com o FC Bayern Munich e o Borussia Dortmund, dois dos maiores clubes do futebol alemão, a registarem perdas de 50 e 63 milhões de euros, respetivamente.

A Advent International e a BC Partners são dois dos fundos de investimento que melhor se posicionam para investir na Bundesliga International, com outras empresas como Bain Capital, CVC Capital Partners, General Atlantic e KKR também a revelarem interesse nos direitos.

Os direitos de transmissão internacional da Bundesliga foram avaliados em 240 milhões de euros por temporada pela Deloitte antes do impacto da Covid-19. Apesar da relevância da primeira liga alemã estar em crescimento, o valor dos direitos televisivos continua muito abaixo das concorrentes Premier League (1,6 mil milhões de euros) e La Liga (897 milhões de euros).

A venda de uma percentagem da Bundesliga International, que administra os direitos televisivos das duas principais divisões do futebol alemão, integra uma discussão mais ampla sobre como os clubes profissionais alemães distribuem o dinheiro cada vez menor oriundo das transmissões televisivas.

Os direitos domésticos da Bundesliga foram vendidos em junho de 2020, para as próximas quatro épocas, de 2021/22 a 2024/25, por 1,1 mil milhões de euros por temporada quando, também no ciclo anterior, foram comercializados por 1,1 mil milhões de euros. Além disso, em setembro, a DFL perdeu um contrato de televisão de 200 milhões de euros com a emissora beIN Sports.

Os fundos de investimento estão cada vez mais ativos no sector desportivo, com a CVC, a Advent e a FSI Fund a candidatarem-se a 10% da empresa de gestão de media da Série A (Itália). Além disso, a própria CVC vai investir 300 milhões de euros na federação internacional de voleibol, enquanto a NBA abriu as portas para fundos, permitindo-lhes controlar até 20% das franquias.

Ler Mais