Diretor da BT Sport antecipa redução do preço dos direitos televisivos

Desporto 18-02-2021 16:45

A paralisação do futebol europeu provocada pela pandemia de Covid-19 teve consequências imediatas para as redes de televisão, fazendo com que estas deixassem de investir milhões de euros nos direitos televisivos das várias competições.

João Tereso Casimiro

Segundo o diretor da “BT Sport”, o preço referente aos direitos televisivos das principais ligas de futebol da Europa vão diminuir, à medida que o interesse pelas transmissões desportivas foi caindo, levando à migração dos telespectadores para as plataformas de streaming como o Netflix ou o Amazon Prime, avança o “Financial Times”.

A paralisação do futebol europeu provocada pela pandemia de Covid-19 teve consequências imediatas para as redes de televisão, fazendo com que estas deixassem de investir milhões de euros nos direitos televisivos das várias competições.

O valor dos direitos televisivos tem vindo a aumentar exponencialmente nas últimas décadas, atingindo mais de 17 mil milhões de euros divididos entre as cinco grandes ligas (Alemanha, França, Inglaterra, Espanha e Itália) no ano passado, principalmente através de contratos televisivos.

Devido à falta de presença de público nas bancadas, os telespectadores, principalmente os mais jovens, perderam o interesse pelas transmissões desportivas e migraram para plataformas como a Netflix, obrigando as redes a reduzir gastos com direitos televisivos referentes ao desporto.

O atual contrato de transmissão doméstica da Premier League (primeira divisão inglesa), partilhado pela Sky Sports, BT Sport e Amazon Prime Video, vale 5 mil milhões de libras (5,7 milhões de euros) em três anos e é o maior em comparação às outras ligas europeias.

Para a próxima negociação dos direitos televisivos da Premier League, que acontecerá em dezembro de 2021, a competição organizará a venda em formato leilão, de forma a mais facilmente garantir um comprador para as próximas três temporadas.

Ler Mais