McLaren garante lugar na temporada de Fórmula E em 2022

Desporto 11-01-2021 17:45

Receitas da competição têm vindo a aumentar ano após ano desde a sua criação, passando de 1,43 milhões de euros na temporada 2014/15 para os 161,5 milhões de euros alcançados no final da competição em 2018/19.

João Tereso Casimiro

A McLaren anunciou que vai competir na temporada de Fórmula E (veículos elétricos) na temporada 2022/23. O anúncio surge na sequência dos abandonos das marcas alemãs Audi e BMW no final da temporada 2020/21, deixando duas vagas livres, atualmente formadas por 12 equipas, segundo o portal “Palco 23”.

Nos últimos anos, a equipa britânica aumentou a sua participação em eventos do setor automobilístico para além da Fórmula 1. Entre eles estão as 500 milhas de Indianápolis (NASCAR) com Fernando Alonso ao volante, a entrada na IndyCar com a equipa Arrow Schmidt Paterson e a possível inclusão no Campeonato Mundial de Enduro.

A Fórmula E foi criada em 2014 pelo empresário espanhol Alejandro Agag, acionista da equipa inglesa de futebol Queens Park Rangers e por Jean Todt, presidente da FIA e ex-diretor da equipa italiana da Ferrari.

As receitas da competição têm vindo a aumentar ano após ano desde a sua criação, passando de 1,43 milhões de euros na temporada 2014/15 para os 161,5 milhões de euros alcançados no final da competição em 2018/19.

Ler Mais