“Uma espécie de quem é quem do futebol português”. L’Equipe destaca investigação a FC Porto, SL Benfica e Jorge Mendes

Desporto 06-02-2020 14:55

Para o jornal desportivo francês, esta investigação dá a conhecer "uma espécie de quem é quem do futebol português" a partir de uma lista que incluiu cerca de 40 alvos onde estão listados presidentes de clubes, agentes, empresários, empresas e várias dezenas de jogadores de futebol.

José Carlos Lourinho

As cinco investigações abertas por suspeitas de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais no mundo do futebol, encetadas pelo Ministério Público e da Autoridade Tributária, e que fazem esta quinta-feira capa na revista ‘Sábado’, foi também notícia no jornal desportivo francês ‘L’Equipe’.

Para o jornal desportivo francês, esta investigação dá a conhecer “uma espécie de quem é quem do futebol português” a partir de uma lista que incluiu cerca de 40 alvos onde estão listados presidentes de clubes, agentes, empresários, empresas e várias dezenas de jogadores de futebol. Tal como realça o artigo da ‘Sábado’, o ‘L’Equipe’ também realça o facto desta investigação ter como base a informação divulgada pelo ‘hacker’ Rui Pinto que, tal como o jornal francês realça, irá ser julgado por, alegamente, ter acedido de forma ilegal aos sistemas informáticos da Doyen Sports, do Sporting CP e do gabinete de advogados PLMJ.

O processo-crime mais avançado será o que visa Pinto da Costa e o FC Porto, tendo resultado de oito inquéritos iniciados em 2017/18. Segundo a revista, estão em causa negócios de, pelo menos, 15 jogadores: Jackson Martínez, Iker Casillas, Radamel Falcao, James Rodríguez, Imbula, Mangala e o português Danilo Pereira. A AT estima que poderá estar em causa uma vantagem patrimonial ilegal perto de 20 milhões de euros.

Também António Salvador (SC Braga) e Luís Filipe Vieira (SL Benfica) são dos principais visados. O empresário Jorge Mendes e a sua mulher, o advogado Carlos Osório de Castro (trabalha com a Gestifute e Cristiano Ronaldo), Jorge Baidek e o antigo jogador Dimas, atualmente empresário estão entre os visados na megaoperação. Também o Sporting, Marítimo, Estoril, Guimarães e Portimonense estão entre os visados.

 

 

 

Ler Mais