Gabriel Jesus sentia-se ‘preso’ na teia de Guardiola

Arsenal 30.09.2022 11:46
Por Redação

Gabriel Jesus explicou que partiu do Manchester City para o Arsenal devido à estratégia imposta por Pep Guardiola. O jogador sentia-se preso e infeliz.


«A principal questão é aquilo que Guardiola pretende em campo. Depois, tens de aceitar ou não. Se não aceitares, ‘adeus’ e vais para outro desafio. Aceitei durante algum tempo, mas chegou um momento que disse: ‘Quero algo diferente para mim’. Agradeci-lhe, ele compreendeu e parti. É diferente no Arsenal, o futebol é diferente, tem outros jogadores e forma de jogar. Um avançado no City não toca muito na bola, é possível ver isso se assistirem aos jogos. Quando chegava o momento de tocar a bola, não era o avançado, porque Guardiola coloca um médio mais próximo. Conversei muito com Mikel Arteta [treinador do Arsenal], ele conhece-me e percebi o que pretende de mim. Agora, sou livre no relvado, jogo futebol com um sorriso e tento fazer sempre o meu melhor», revelou o avançado, em declarações à ESPN.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias