Bruno Lage: «Já ninguém vai criticar Tomás Tavares…»

Benfica 10-12-2019 23:24
Por Redação

Bruno Lage voltou a ser bombardeado com questões sobre a gestão da equipa na Liga dos Campeões. «Não fizemos gestão de ninguém», insistiu, reforçando que utilizou «o mesmo critério em todos os jogos», construindo a equipa com base no momento de cada jogador e em função da estratégia para os diferentes adversários.

 

«Olhando para as nossas opções, tomei sempre as melhores opções em cada momento», frisou, antes de lançar a questão aos jornalistas: «Lembram.se onde repeti este onze? Na Alemanha [n.d.r exceção de André Almeida, lesionado]. A diferença é ganhar. Na primeira jornada, Cervi falhou uma oportunidade clara e agora já pertence a esse melhor onze.»

 

E insistiu: «Tentámos sempre procurar as melhores decisões. Quando iniciámos esta competição, quantos dos que jogaram hoje estavam disponíveis? Florentino e Gabriel estavam fora, André Almeida andou dentro e fora. Hoje jogou Tomás Tavares e já ninguém vai criticá-lo - fez uma grande exibição. Quando ganhamos não falta nada, quando perdemos é o treinador e faltou este ou aquele jogador.»

 

Bruno Lage explicou ainda que, face às alterações no plantel da época passada para a deste ano, a equipa «teve a capacidade de se reinventar para continuar uma equipa dinâmica e com alegria».

 

Sobre o jogo com o Zenit (vitória por 3-0): «É realçar a mentalidade competitiva da equipa, sem trazer emoções negativas do passado para o jogo. Não trazer os títulos nem as frustrações, apenas o emblema do clube e fazer o que fizemos - lutar para vencer e sermos cada vez mais consistentes. Esta atitude competitiva, e o desprender do quer que seja, e o assumir o jogo sem qualquer tipo de risco.»

Ler Mais
Comentários (47)

Últimas Notícias

Mundos