«Não é por falta de alertas...»

Corinthians 02.10.2022 13:42
Por Redação

O Corinthians venceu este sábado o Cuiabá por 2-0, mas Vítor Pereira pediu mais concentração – a equipa de António Oliveira até começou mais perigosa, com um golo anulado aos 3 minutos por fora de jogo.


«Garanto que não é por falta de alertas [para mais concentração]. Se não entramos a ganhar, temos a desvantagem contra um adversário organizado, com linha de 5, 3-4-3, não é fácil entrar. Alertamos muito para o facto de ser importantíssimo começar com a vantagem do nosso lado. Infelizmente sofremos [o golo anulado]. Não foi o primeiro, nem o segundo, já foram vários. Temos que corrigir, sinceramente», disse Vítor Pereira.


 «É o que lhes peço: para entrar concentrados, focados, pressionando, mostrar ao que viemos. Temos de corrigir. Sei exatamente o que aconteceu, mas não vou dizer, porque foi um erro coletivo que não pode acontecer. Não podemos entrar nos jogos assim», manteve.


O próximo jogo é dia 5 com o Juventude, em Caxias do Sul, a mil quilómetros de São Paulo, que antecede a final da Taça do Brasil, no dia 13 com o Flamengo. Questionado sobre eventuais poupanças, disse que vai levar todos os que puder:


«É um local de difícil acesso, mas não vamos a pé e nem vamos subir nenhuma montanha. Se não deixo todos aqui. Não sou muito de deixar jogadores, gosto de criar um espírito. Somos uma equipe, viajamos juntos, apoiamos juntos. Mesmo que sejam jogadores já consagrados, acho que têm que acompanhar a equipe, se for preciso, têm que entrar, alguns vão ter que jogar de início. Porque os outros, quando estão fora, também os apoiam. Não é porque a viagem é longa que este e aquele não vão. Não gosto disso. A única vez que deixei jogadores de fora, foi contra o Palmeiras, quando estavam todos com gripe. Vai ser assim, todos na viagem, depois todos para cá outra vez.»

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal