«Não há problema as pessoas pedirem para eu sair»

Botafogo 18.07.2022 08:28
Por Redação

Após a terceira derrota consecutiva do Botafogo — a quinta nos últimos seis jogos —, na receção ao Atlético Mineiro (0-1), em jogo da 17.ª jornada do Brasileirão, Luís Castro disse que a equipa fez para merecer outro resultado.

«Mais uma vez foi um jogo num contexto muito difícil, diante de uma equipa muito boa, que luta pelo título. Tivemos muitas dificuldades para montar a equipa, principalmente numa ou outra posição. Fomos surpreendidos com o problema do Gatito ao longo da noite. Tivemos dificuldades na lateral-esquerda também, tivemos que ir buscar um jogador á formação [DG], que só tinha treinado três dias com o grupo, o Sauer, por exemplo, esteve um mês e meio parado, ainda não tem os melhores índices físicos, técnicos e psicológicos. Temos problemas noutras posições também, que quando forem resolvidos ajudarão a chegar aos golos com mais frequência», justificou.


O treinador destacou ainda o apoio dos adeptos, desde o início ao fim do jogo, mesmo apesar da derrota: «Quando os resultados não são tão bons, naturalmente as pessoas não vêm tanto. O futebol faz com que isso aconteça: bons resultados atraem e os maus afastam. Hoje foi um resultado mau, péssimo, que magoa, mas, trabalhámos muito e os meus jogadores e os adeptos estão de parabéns. Fomos até ao limite.»
 

Questionado sobre a pressão para obter resultados positivos, Luís Castro foi claro: «Não há problema as pessoas pedirem para eu sair, mas é preciso haver respeito. Para mim não há raça, cor, diferença de género, há pessoas que têm de ser respeitadas. Quando temos consciência do que fazemos, estamos no mercado. As carreiras falam por si. Quando vim para o Botafogo, não tinha só o Botafogo. Tinha outras ofertas, até por um preço mais alto. Mas, entusiasmei-me em trabalhar num clube histórico, com grandes jogadores e gostei do projeto. Espero que o Botafogo seja esse projeto de construção. Sinto que os adeptos percebem o que é o projeto. Todos sabemos que precisamos de pontos.»

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias