«Não fomos competentes na finalização, foi o único aspeto negativo do jogo»

Palmeiras 03.07.2022 10:13
Por Redação

A derrota na receção ao Athletico Paranaense, por 0-2, impediu o Palmeiras de se distanciar na liderança do Brasileirão. O português Abel Ferreira justificou o resultado com falta de concentração na hora de finalizar.

«Quantas finalizações fizemos? Trinta e cinco! Não é preciso falar mais nada… Temos que ser mais eficientes, há que assumir isso. Criámos oportunidades suficientes para vencer. Não fomos competentes na finalização, foi o único aspeto negativo do jogo, a eficácia. Posse de bola? Tivemos mais, mas isso não me diz nada. No fator mais importante o Athletico foi melhor do que o Palmeiras, marcou dois e nós não conseguimos marcar», analisou Abel Ferreira, em conferência de imprensa.

Apesar da derrota, o treinador elogiou atletas e adeptos: «Estou orgulhoso dos meus jogadores e dos nossos adeptos, que reconheceram que jogámos e criámos o suficiente para chegar ao final com outro resultado.»


Abel Ferreira falou ainda do reencontro com Luiz Felipe Scolari: «Se o mundo tivesse mais pessoas como ele, seria muito melhor. O abraço que lhe dei no início do jogo foi de gratidão, primeiro como jogador e segundo como treinador, considero-o extremamente competente. Foi o último treinador campeão do Mundo pelo Brasil. Conhece o futebol brasileiro, sabe bem como é que se ganha. Sinto muita gratidão como jogador, treinador e português que sou. Foi uma pessoa que mudou mentalidades sobre como apoiar a Seleção portuguesa. Nunca vou esquecer que ele fez todos os portugueses colocarem bandeiras nas janelas de casa em sinal de apoio.»

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias