Jorge Jesus e o telefonema a Everton Cebolinha: «O Renato não morre de amores por mim»

Benfica 08-08-2020 20:02
Por Redação

A contratação de Everton Cebolinha por parte do Benfica motivou alguma polémica. Após a final do campeonato de estadual, Renato Gaúcho criticou um telefonema de Jorge Jesus ao extremo do Grémio. Situação que o novo treinador das águias não quis dar grande ênfase.

 

 

«É verdade que liguei para o jogador, pelo facto de ser um dos alvos importantes para o Benfica, não só pela qualidade, é titular do Brasil, marca que não deixa dúvidas [marcou na final da Copa América ao Perú]. Havia também o Everton e uma equipa alemã interessada nele e procurei-o para convencê-lo a vir para o Benfica, que é grande clube, com projeto nacional e europeu com outros grandes jogadores para atacar todas as competições e tentei-o mover a vir trabalhar comigo. Nunca falei para ele não jogar, ele é testemunha disso e pode dizer se o convenci ou não… Com a atitude dele fiquei ainda mais satisfeito, se havia dúvidas que não queria jogar, porque foi ter com o seu treinador e disse que queria jogar esta final… e isto já me aconteceu no Benfica. Nestas grandes transferências, o clube vendedor e o clube comprador não querem que o jogador se lesione e defendem-no. Com o Matic tive questão semelhante antes de ir para o Chelsea. Houve um Benfica-FC Porto que deu 2-2 e ele fez grande golo. As direções de Chelsea e Benfica tinham medo que ele jogasse se pudesse lesionar e o negócio abortar, e ele veio ter comigo e disse-me: ‘quero jogar, se quer que eu jogue, eu jogo», começou por explicar na BTV.

 

Jorge Jesus acusou mesmo Renato Gaúcho de fazer desta uma questão pessoal.

 

«Isso define o carácter dos jogadores e o Cebolinha fez isso, quis jogar para ser mais competitivo… o que o Renato disse, pode ter sido levado a erro… Ele não morre de amores por mim, foram quatro jogos e perdeu três, mas faz parte da nossa vida como treinador. O Grêmio é das grandes equipas do Brasil e além do Cebolinha têm outros grandes jogadores que podem jogar em grandes equipas da Europa», concluiu.

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias