«Se prolonguei a carreira até aos 38 anos, foi devido ao Jesus»

Benfica 20-05-2020 23:00
Por Redação

Questionado sobre o técnico que o marcou mais durante a carreira, Luisão não tem qualquer dúvida: Jorge Jesus. Recorde-se que os dois partilharam o balneário do Benfica entre 2010 e 2015.

 

«A vinda do Jorge Jesus foi um ponto de viragem no meu crescimento. Já tinha 28 anos, muita bagagem, e achava que entendia o jogo, mas o que ele acrescentou foi espetacular. Se prolonguei a minha carreira até aos 38 anos, foi devido ao Jesus. Ele mudou a minha maneira de ver o futebol e tornou o jogo mais fácil para mim», disse em conversa com a Eleven Sports.

 

O antigo defesa-central das águias deixou também uma palavra a Luiz Felipe Scolari que encontrou no Cruzeiro (2000) e na seleção brasileira (2002).

 

«Foi ele que me deu a oportunidade de me estrear enquanto profissional e que me convocou pela primeira vez para a seleção brasileira. Além disso, ajudou-me a manter os pés no chão durante aquela transição dos juniores», concluiu.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (5)

Últimas Notícias