Black Bulls de Inácio Soares goleado e longe da revalidação

Moçambola 25.09.2022 19:53
Por Alexandre Zandamela, Maputo

Numa tarde de sábado verdadeiramente à Lau King, com o ponta-de-lança da União Desportiva do Songo a assinar o hat trick que despedaçou os touros, o Black Bulls do português Inácio Soares estão agora mais longe da revalidação do título, estando a 11 pontos de desvantagem em relação ao líder invicto do campeonato moçambicano de futebol.


No planalto do Songo, e no desafio que marcou a abertura da segunda volta do Moçambola, a turma da casa não ofereceu quaisquer tréguas ao adversário e teve em Lau King o artífice da vitória - melhor marcador dos Mambas nos últimos jogos e várias vezes referenciado a alguns emblemas do futebol português, o jovem atacante assinou os seus tentos aos 43, 49 e 53 minutos.


Com mais esta vitória, a União Desportiva do Songo está completamente destacada na primeira posição da tabela classificativa e cimentou o seu sonho de regressar ao título, depois da conquista de 2018. Para o Black Bulls, apesar de ter um jogo a menos, esta derrota pode, de alguma forma, ser o início do desmoronamento do seu objectivo de renovar a conquista do Moçambola.


Aliás, para além da saborosíssima vitória sobre o Black Bulls, a UD Songo ganhou dividendos noutros desafios envolvendo concorrentes directos, designadamente Costa do Sol e Ferroviário de Maputo.


Na recepção à Associação Desportiva de Vilankulo, o Costa do Sol consentiu uma igualdade (1-1). Saindo para o intervalo a vencer por 1-0, golo de Widson, aos 45+2 minutos, os canarinhos deram a sensação de que, seguramente, tinham o triunfo nas mãos. Porém, debalde. No segundo tempo, os vilankulenses, curiosamente treinados pelo ex-canarinho Artur Comboio, chegaram à igualdade a escassos três minutos do final da contenda, por intermédio de Amisse.


Já no caldeirão do Chiveve, este domingo, no sensacional encontro entre Ferroviário da Beira e Ferroviário de Maputo, o triunfo pertenceu aos visitados, por 2-1, complicando as contas do seu homónimo. Nelo abriu o activo para os beirenses, aos 57 minutos, Kito empatou (78’) e Pepo (89’) assinou o tento vitorioso.

No derby nortenho, entre Ferroviário de Nampula e Ferroviário de Nacala, havido no santuário do 25 de Junho, os locomotivas do português Nélson Santos ganharam por duas bolas sem resposta, golos de Gerson e Tony, aos 59 e 76 minutos, respectivamente.


No frente-a-frente entre os dois últimos classificados, Liga Desportiva de Maputo e Matchedje de Mocuba, disputado no campo do Ferroviário de Quelimane, prevaleceu a igualdade (2-2). A turma do ex-conimbricense Dário Monteiro sempre esteve na dianteira, primeiro, por Gregório (26’) e depois através de Germano (74’), tendo os militares respondido poor Mendonça (34’) e Edson (79), de grande penalidade.


A 12.ª jornada do Moçambola concluiu-se esta segunda-feira, dia de Tolerância de Ponto, por ocasião do feriado do 25 de Setembro, Dia das Forças Armadas de Defesa de Moçambique, Incomáti de Xinavane terá pela frente Ferroviário de Lichinga.


Resultados da 12ª jornada:

União Desportiva do Songo-Black Bulls, 3-0

Costa do Sol-AD Vilankulo, 1-1

Ferroviário da Beira-Ferroviário de Maputo, 2-1

Ferroviário de Nacala-Ferroviário de Nacala, 2-0

Matchedje de Mocuba-Liga Desportiva de Maputo, 2-2

Incomáti de Xinavane-Ferroviário de Lichinga, (segund-feira)


Classificação: UD Songo 32 pontos, Black Bulls (menos um jogo) 21, Ferroviário de Nampula 20, Costa do Sol (menos um jogo) 19, Ferroviário de Maputo 18, Ferroviário de Lichinga (menos dois jogos) 17, Ferroviário da Beira (menos um jogo) 16, Ferroviário de Nacala 13, AD Vilankulo 13, Incomáti de Xinavane (menos um jogo) sete, Liga Desportiva de Maputo sete e Matchedje de Mocuba sete pontos.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal