Cenário da propagação da COVID-19 é alarmante: «Pior semana de sempre»

Moçambique 13-07-2021 13:21
Por António Mavila, Beira

A propagação da COVID-19 em Moçambique está a tornar-se alarmante e já começa a preocupar as autoridades governamentais.

 

O Ministério da Saúde (MISAU) informa que só na semana passada o país registou 10.404 novos casos e como consequência disso 92 pessoas infetadas morreram, no mesmo período 430 pacientes da doença ficaram internadas sendo que os restantes se encontram em isolamento domiciliário.

 

«Foi a pior semana de sempre em termos de números de pessoas infetadas, há muitos internados em estado muito grave e algumas dessas pessoas já apanharam a vacina de proteção e queremos chamar atenção que apanhar vacina não significa abandonar as medidas de prevenção uma vez não existir uma proteção total», disse Sofia Viegas do MISAU.

 

Em termos de idade a fonte disse que nos últimos dias pessoas com idades entre 60 a 85 anos têm perdido a vida, na sua maioria por padecerem de outras patologias.

 

«Queremos ainda chamar atenção que qualquer pessoa que ter febre, falta de ar, diarreia, perda de olfato, paladar, fraqueza, nariz entupido são sintomas mais comuns da variante Delta, que já circula no país, havendo necessidade de se dirigir à unidade sanitária caso a pessoa manifeste alguns ou todos esses sintomas», alerta o MISAU.

 

As províncias de Maputo, Maputo cidade, Tete e Sofala são as que nos últimos dias tem apresentado maior número de casos. Sendo que Tete já registou pelo menos um, caso da nova variante denominado Delta.

 

Entretanto nas últimas 24 horas o país registou 1687 novas infeções, 548 internamentos e 14 óbitos.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos