«Moçambique está no meu coração», Luís Gonçalves 

Moçambique 15-06-2021 14:45
Por Álvaro da Costa, Maputo

Luís Gonçalves, treinador português que teve uma passagem pelos Mambas, acredita que um dia voltará ao futebol moçambicano para continuar um trabalho que considera ter sido «cortado» a meio.

 

«A minha passagem pelo futebol moçambicano foi uma experiência muito enriquecedora, que além de ter sido bastante interessante do ponto de vista profissional, foi uma experiência de vida. Considero que o meu trabalho ficou a meio, porque estava a desenvolver um projeto e no meu entendimento ainda havia muito por se fazer, mas por decisão do presidente da Federação Moçambicana de Futebol,  nós terminamos o nosso vínculo», revelou, juntando que «de qualquer das formas foi uma experiência muito rica. Moçambique já estava antes no meu coração, penso que toda a gente sabe que eu nasci em Moçambique,  e entendo que o futebol moçambicano pode evoluir muito se houver alguma sinergia positiva entre os responsáveis pelo futebol em Moçambique», anotou.

 

Mas embora tenha rompido a ligação com a seleção moçambicana de futebol num momento em que não esperava, Luís Gonçalves não guarda mágoas e não esconde a vontade de regressar ao país onde nasceu.

 

«Fizemos um trabalho que considero meritório. Se olharmos para a seleção A, vemos que apesar de os últimos resultados não terem sido positivos, devido a pandemia que teve um impacto grande, em termos globais foi uma experiência muito positiva. Lancei vários jovens porque nós estávamos num processo de renovação da seleção e realmente estava a ser construído algo muito interessante. Aliás,  quem via a seleção moçambicana jogar e olhava de uma forma isenta verificava que estava a jogar um bom futebol e a criar uma identidade, por isso acredito que em condições normais estaríamos a festejar o apuramento para o CAN. Mas acredito que um dia irei voltar. Moçambique está no meu coração», frisou.

 

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos