«Somos muito agradecidos ao FC Porto», Hélder Duarte

Moçambique 16-02-2021 18:07
Por Álvaro da Costa, Maputo

O técnico português Hélder Duarte pode-se considerar um homem de sucesso no futebol moçambicano. Aliás, não seria de mais afirmar que o treinador de 38 anos, natural de Paredes, chegou, viu e venceu, pois desde 2018 que vai somando conquistas atrás  de conquistas ao serviço da Associação Black Bulls, clube a que começou por estar ligado à luz da parceria com o FC Porto, através da  Dragon Force, um projeto de caça de talentos dos 4 aos 14 anos. 

 

Hélder Duarte e o seu adjunto Inácio Soares, ambos da escola do Porto, convenceram pelo trabalho realizado na formação e foram convencidos pelo patrono da Black Bulls, Junaid Lalgy, a permanecerem em Moçambique. Essa aliança não poderia ter corrido melhor.  Em três anos, a formação com sede na cidade de Matola logrou colocar o seu emblema no Moçambola, a mais importante prova futebolística do país, e pelas primeiras quatro jornadas está visto que não veio a passeio ou não seria a ABB líder da prova.

 

Sem esquecer as origens portuenses, das quais guarda muitas saudades, Hélder Duarte agradeceu à Direção do FC Porto e todo o staff dos dragões pela oportunidade de iniciar um novo percurso da sua carreira em Moçambique. 

 

«A parceria entre a Black Bulls e o FC Porto funcionou apenas no primeiro ano, após isso fomos convidados pelo presidente para manter as mesmas funções, agora como treinadores exclusivos da Black Bulls. Eu e o Inácio temos um sentimento de agradecimento muito grande pelo FC Porto, por termos sido escolhidos para abraçar um projeto desta dimensão e único em África», anotou.

 

Sobre o futuro prefere não traçar grandes metas, apesar de não esconder que regressar a Portugal para integrar a equipa técnica do FC Porto seria sempre uma honra. Mas, no momento, o técnico português afirma estar muito feliz na ABB, e que o seu maior objetivo é continuar a vencer, acrescentando que o futuro só a Deus pertence. 

 

«O nosso presidente (Junaid Lalgy) dá-nos todas as condições para trabalharmos e continuarmos a fazer da Black Bulls um grupo ainda forte. Só posso me dar por satisfeito», admitiu. 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos