Luís Gonçalves exige estágio interno

Moçambique 10-02-2021 12:44
Por António Mavila

Luís Gonçalves, selecionador nacional de Moçambique, continua preocupado com a paragem do Moçambola. Para colmatar a falta de competição, o treinador português exige um estágio interno com os jogadores por si escolhidos.

 

Luís Gonçalves diz que vai apresentar um plano de preparação dos jogadores durante o período da paragem do campeonato nacional por um período de 30 dias.

 

O técnico luso considera que esta suspensão terá um impacto nos jogadores que poderão estar na rota dos jogos de qualificação ao CAN-2022, diante de Ruanda e Cabo Verde, decisivos no objetivo de Moçambique que passa por marcar presença na prova continental que terá lugar nos Camarões.

 

O que mais preocupa o treinador, que já pensa no plano B para os seus jogadores, é o facto de mesmo os treinos de preparação dos jogadores terem de parar, o que traz um impacto negativo na condição física dos atletas.

 

«Temos de aceitar que a saúde pública está em primeiro lugar, mas de qualquer das formas temos de encontrar alternativas e por isso mesmo estou já a planear um estágio interno de cerca de 30 jogadores que atuam no Moçambola. Vamos ver se é viável, espero que sim», deseja Luís Gonçalves.

 

Recorde-se que a suspensão de Moçambola, e de todas as modalidades desportivas por um período de 30 dias, foi decretada pelo Presidente da República no passado dia 5 de fevereiro, como uma forma de combater a propagação do Covid-19.

Ler Mais

Últimas Notícias

Mundos