Portuguesa raptada em Maputo

Moçambique 10-11-2020 12:24
Por Álvaro da Costa, Maputo

A comunidade portuguesa em Moçambique está novamente em alerta após o rapto de Jéssica Pequeno, 27 anos.


A jovem portuguesa foi raptada por volta das 8 horas, quando se dirigia para o restaurante cujo pai é proprietário e é um dos locais de eleição da comunidade portuguesa na capital moçambicana.

 

Jéssica é filha do proprietário do Burako da Velha, um restaurante bastante movimentado, localizado na Matola, localizado a pouco mais de 15 quilómetros da cidade de Maputo.

 

Momentos após a ocorrência, o Serviço Nacional de Investigação Criminal na província de Maputo destacou um efetivo para registar os vestígios deixados pelos presumíveis criminosos.


O ministério dos Negócios Estrangeiros, de Artur dos Santos Silva, já deu conta de que está a acompanhar a situação e que está a dialogar com as autoridades de Moçambique para que este caso possa ser resolvido.

 

De acordo com o diário «O País», estima-se que desde o início deste ano, só nas cidades de Maputo e Matola pelo menos 10 empresários e ou seus familiares foram raptados. Embora as autoridades apresentem detidos em conexão com os casos, os crimes não têm abrandado.

Ler Mais

Últimas Notícias