Covid-19 força Montepuez Ruby Mining a suspender atividade

Moçambique 22-06-2020 17:23
Por António Mavila

O impacto negativo da pandemia de Covid-19 está a trazer enormes prejuízos a diversas empresas em Moçambique, que já começaram a fechar as portas, deixando milhares de pessoas no desemprego. A empresa Montepuez Ruby Mining, que explora o depósito de rubis de Namanhumbir, na província de Cabo Delgado, anunciou a suspensão das suas atividades por um período de três meses.

 

A Montepuez Ruby Mining junta-se assim a outras 14 empresas do setor mineiro nacional que suspenderam as suas atividades pelo mesmo motivo. Aliás, a Montepuez Ruby Mining explicou que decidiu fechar as portas para evitar que a mina seja espaço de propagação do novo coronavírus.

 

O diretor-geral do Instituto Nacional de Minas (INAMI), Adriano Sênvano, que tornou pública a informação, diz que o Covid-19 veio retrair a atividade mineira no país.

 

«Até este momento, temos registo de 14 empresas que suspenderam as suas atividades, a partir de abril, três dessas empresas têm um peso significativo na estrutura económica do país. Falo da Montepuez Ruby Mining, que nos comunicou que ia suspender a produção por três meses», disse Senvano a AIM.

 

Com a crise, segundo a fonte, cerca de 4 mil trabalhadores estão numa situação de incerteza, em relação ao emprego, algo que preocupa as entidades governamentais. Aliás, devido ao Covid-19 o pedido de licenciamento de empresas para a atividade mineira reduziu bastante.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias