África regista mais 298 mortos e 10.814 novos casos

África 20-06-2020 11:19
Por Redação

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC) reportou, nas últimas 24 horas, que o número de infetados subiu de 275.327 para 286.141, mais 10.814 do que ontem, e já registo de mais 298 óbitos, elevando o número total para 7.693, sendo que há mais 7.096 pessoas recueradas de Covid-19, num total de 132.412.
 

A África Austral lidera em número de casos: 91.845 e 1.871 mortos, a grande maioria concentrada na África do Sul, o país com mais casos em todo o continente: 87.815 e que regista 1.831 vítimas mortais.

 

O Norte de África lamenta a morte de 3.210 pessoas em 77.207 infeções; a África Ocidental conta com 1.076 mortos em 59.120 caos; a África Oriental regista 915 vítimas mortais e 29.976 casos, enquanto na África Central há 621 mortos em 27.993 infeções.

 

O Egito superou, este sábado, a barreira dos dois mil mortos (2.017) e contabiliza 52.211 casos de infeção, seguindo-se a África do Sul e depois a Argélia, com 825 vítimas mortais e 11.504 infetados. A Nigéria tem registo de 487 mortos e 19.147 infetados e o Gana 70 mortes em 13.203 casos.

 

Quanto aos países africanos lusófonos, a Guiné-Bissau é o que tem mais infeções e mortes: com 1.541 casos e 17 vítimas mortais. Cabo Verde tem 848 infeções e oito mortos e São Tomé e Príncipe contabiliza 693 casos e 12 mortos.

 

Moçambique conta 668 infetados e quatro mortos, enquanto Angola tem 172 casos confirmados e oito mortos.

 

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), regista 1.664 casos e 32 mortos. 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias