A festa dos dragões: do estádio aos Aliados (fotos e vídeos)

FC Porto 15-05-2022 01:25
Por Redação

Após a vitória sobre o Estoril (2-0), a consagração dos novos campeões nacionais prosseguiu noite dentro pela cidade Invicta. Recorde aqui todos os momentos.


01.24 horas: Fogo de artifício na despedida do plantel do palco. 
 

01.21 horas: Agora ouve-se o hino do FC Porto, com todo o grupo em roda no palco com o troféu de campeão.

 

01.20 horas: No palco o plantel segue o speaker de serviço: 'Tudo a saltar, Benfica é m***'

 

01.17 horas: É agora a vez de toda a equipa técnica liderada por Sérgio Conceição, que entra em palco a dançar.




01.13 horas: Fábio Vieira fala aos adeptos. «O FC Porto é o melhor clube do mundo, agora cantem comigo 'E quem não salta é...'»













00.30 horas: Os jogadores portistas são agora chamados um a um para desfilar no palco montado junto à Câmara. Pepe é o primeiro, com a taça.
 



00.23 horas: Os campeões nacionais surgem na varanda da Câmara com o troféu de campeão nacional.

 


00.17 horas: Rui Moreira, presidente da Câmara, atribui ao FC Porto a mais alta distinção: as chaves da cidade.

 



00.15 horas: Começa a cerimónia na Câmara Municipal do Porto.


00.07 horas: O autocarro entra na Avenida dos Aliados perante milhares de adeptos.


 

 

23:50: Autocarro do FC Porto está a passar a Rua de Camões e aproxima-se, cada vez mais, da Câmara Municipal do Porto.



 

23:00: Mais declarações de Pepe: «É incrível voltar a ser campeão. Uma sensação indescritível voltar a ganhar o título pela quarta vez! É uma alegria sermos campeões e termos os adeptos connosco. O nosso mister foi claro na roda e disse 'hoje temos que comemorar, porque merecemos'. Amanhã e depois temos de preparar e treinar para o jogo com o Tondela. O nosso mister é o grande responsável por isto. Durante o ano tivemos momentos muito difíceis e não perdemos o foco. O foco que tivemos durante o ano todo, foi muito graças ao treinador. O nosso mister é único. Costumo dizer aos meus colegas, muitos vão ficar, muitos vão sair, mas nunca vão encontrar um treinador como ele. Há muito poucos no futebol como ele. É o nosso guia, tudo o que ele disser e apontar, está o grupo todo atrás dele para o seguir».

 

22:45: Mais declarações de Pepe: «Este título tem muito significado, comemoro como se fosse o primeiro. Ainda me lembro bem do primeiro título. São momentos inesquecíveis. Foi um ano de trabalho muito duro, de muita dificuldade. Foi um título especial para todos nós. Fica sempre marcado na nossa carreira. O momento da época? Os dois jogos com o Benfica. Foi extremamente importante, porque estávamos num nível de competitividade muito grande. Quando tivemos a paragem do Natal, pensavam que íamos quebrar, mas voltámos fortes, com jogos difíceis, mas conseguimos ultrapassar. Penso que foi essa a chave no percurso. A minha longevidade? Muito trabalho, dedicação, paixão pelo gosto que é jogar futebol. Tenho pessoas, a comissão técnica, o departamento médico, pessoas de análise de jogos que nos ajudam, isso dá-nos dados para melhorar. Sou um privilegiado por encontrar pessoas com essas capacidades. Vai jogar até quando? Para já, mais um ano, mas é como digo, tem de ser jogo a jogo, dia-a-dia. Dedico muito aos treinos, para mim é como se fossem jogos. Até já disse que descansava mais no jogo que nos treinos, é a forma de trabalharmos. O treinador exige que o treino tem de ser mais que um jogo.»

 

22.40: Autocarro do FC Porto começa a movimentar-se e a deixar, lentamente, o Estádio do Dragão.

 

22.30 horas: Autocarro do FC Porto prepara-se para deixar o Estádio do Dragão.

 

22.12 horas: Declarações de Luís Gonçalves: «Escolher um momento chave é difícil. Este grupo e equipa são todos importante. O treinador tem sido fantástico e criado laços e a obrigatoriedade de darmos todo o máximo. Jovens? É aliciante ver o treinador a fazer evoluir estes jogadores. A chave de tudo isto é o treinador porque é ele que faz os jogadores atingir patamares que não achávamos possível. Incidentes no jogo com o Sporting? Acho que não aconteceu nada de especial. Foi muito empolado. Vamos aguardar pelos castigos e que se faça justiça. Eu próprio cometi erros e assumo-os. Temos todos de contribuir para melhorar o futebol. Próxima época? Temos um presidente com uma enorme capacidade para construir grupo e um treinador que não nos dá nada por garantido. Vamos procurar fazer as coisas bem na próxima época para que seja igual ou melhor que esta.»


22.10 horas: Declarações de Gonçalo Borges: «Sabe muito bem festejar. Só de estar aqui, seja o tempo que for, o que conta é que somos campeões. No tempo que vim para a equipa A, todos me apoiaram, é um grupo fantástico e isso reflete-se nos resultados. De certeza que vamos ganhar outra tala na próxima semana. O primeiro objetivo era ser campeão e o que vier a partir daqui vai ser muito bom. É importante darmos passes seguros e de certeza que ainda vou conquistar coisas bonitas neste clube..»

 

 

22.08 horas: Declarações de Zaidu: «Foi uma época incrível para mim, no segundo ano no FC Porto consegui ganhar o título nacional. O momento mais importante da minha vida. Golo ao Benfica? Nunca pensei que fosse marcar, mas acreditávamos que íamos ganhar o jogo. Se esperava pelo passe do Pepê? Temos indicações do treinador para os extremos e os laterais fazerem sprints até à área contrária. Foi o que fiz, mas nunca pensei que fosse marcar. Fui para cima, porque o treinador pede para subirmos e marquei um grande golo. Ofereci a camisola ao presidente no final. Ele é um homem incrível.»

 

22.06 horas: Declarações de Stephen Eustáquio: «É uma maravilha chegar em janeiro e ser campeão. É um sentimento muito bom e estou muito grato por tudo. Mas temos ainda uma final para ganhar. Este ano está a ser muito bom, mas ainda falta a Taça de Portugal. A descida do Tondela? Será gasolina para eles quererem salvar a época e não queremos permitir isso.»
 

 

22.04 horas: Declarações de Vítor Bruno, adjunto: «Há um conhecimento muito grande entre ambos [referindo-se a Sérgio Conceição]. A simbiose é grande e depois reunimos condições complementares, com funções diferentes. Eu tento dar o meu contributo ao que tenho feito. Algumas pedras no caminho, mas no final acaba por ser recompensador. Temos estado ao nível do que os adeptos pretendem nestes cinco anos. Há ainda uma final para conquistar e o clube vive de títulos. Perdem-se muitas horas a olear esta máquina. Tentamos sempre ir ao máximo, porque os adversários assim nos obrigam. Essa é a nossa forma de estar e quem quer estar ao melhor nível não pode pensar doutra forma. Saídas a meio da época? Quando estão dinâmicas muito enraizadas, e perdemos jogadores influentes, mas o Sérgio passa a mística. Não podemos hipotecar a vida do clube em função de um ou outro jogador. Precisávamos de seguir o nosso caminho e não havia tempo a perder. Tudo é ganho ao milímetro. Tivemos em determinados momentos que muitos jogadores passassem por zonas diferentes do campo, porque sentimos que seria necessário. Além do João Mário, também o Fábio foi crescendo ao longo da época, pode pisar zonas diferentes do campo a um nível elevado. Tiveram capacidade de se transformar e criar metamorfoses, sempre em função de uma ideia coletiva. O meu pai [Vítor Manuel] é um símbolo do futebol nacional e foi com ele que me aventurei. Foi ele que se atreveu a levar-me com ele, que não era ninguém no futebol, por tudo o que me proporcionou em termos profissionais e pelos valores que me passou ao longo da vida. Tenho dificuldade em falar dele. Tenho mágoa muito grande em perceber que hoje há uma moda de gente muito nova e contra mim falo. Conhecimento não tem idade. É um crime as equipas em Portugal não olharem para ele como uma mais-valia.»



 

22.02 horas: Declarações de Sérgio Conceição: «Obrigado às famílias dos jogadores que estão aqui no relvado, o título também é deles. É um momento maravilhoso, onde todos têm de usufruir. Tondela? Temos de respeitar ao máximo e ver a sua desilusão. Temos um título para conquistar, uma prova que muito aprecio. Presto sempre homenagem à minha mulher, de diferentes maneiras. É preciso alguém com paciência para me aturar. Com tantos filhos e tantos na mesma profissão, a viver futebol em casa de forma apaixonada, é preciso alguém com paciência e solidez na personalidade para aguentar este barco. São muitos anos juntos, já me conhece. Às vezes falamos com o nosso silêncio. O nosso início de vida foi difícil mas temos filhos maravilhosos. Fico emocionado quando falo sobre isto. Não dou elogio barato e eles merecem todos os elogios do mundo. São eles os meus heróis.»

 

22.00 horas: Declarações de Vitinha: «Querendo ou não, é sempre diferente, sentimo-nos mais participativos e ativos na conquista. Ver que o trabalho diário de uma época inteira tem um objetivo, um valor. Sabemos equipas trabalham para objetivos, algumas não conseguem, nós conseguimos fruto do nosso trabalho diário, pela união de todos, somos um grupo muito forte. Não controlamos tudo, controlamos o que fazemos, o nosso trabalho diário e o que metemos em campo, nos treinos e jogos. Tentei sempre dar o meu máximo, já antes tinha tentado. A vida correu-me muito bem, as coisas correram-me muito bem, designou-se desta forma e foi perfeito. Futuro? Fica mais lá para a frente. Mesmo que quisesse dizer alguma coisa, não sei nada. Quero é aproveitar isto, estar com os adeptos, com este povo que é incrível e desfrutar da conquista.»

 

21.56 horas: Declarações de Manafá: «Estou sempre a torcer pela equipa, sempre nervoso, com ansiedade, mas a equipa esteve top no resto da temporada, com recorde de pontos, de jogos sem perder, um nível incrível. Quero a agradecer a todos pela conquista. Com adeptos é diferente. Nunca tinha experienciado o público, foi tudo sem adeptos, é muito diferente. Minha primeira vez nos Aliados, quero experienciar isso. Agradecer aos adeptos, vamos divertir-nos. Em pleno na próxima época? Espero que sim. Estas lesões são sempre complicadas, pouco a pouco, devagarinho, estou confiante que sim, para ajudar o FC Porto a conquistar novamente o campeonato.»

 

21.51 horas: Declarações de Toni Martínez: «É um dia muito emocionante, com a nossa gente. Foi um trabalho muito duro que fizemos, fomos felizes, conseguimos o título e festejar cá é incrível. É um dos melhores dias da minha vida. Nunca imaginei estar nesta situação. Vim para Portugal com esse pensamento, agradeço ao Famalicão estar onde estou, ajudou-me. Agora festejar títulos, estar na maior equipa de Portugal é incrível. Chave? Puxar uns pelos outros, com companheirismo, desejar o bem do outro, cada um aproveitar o seu momento.»

 

21.47 horas: Declarações de Taremi: «É um sentimento fantástico. Estou muito feliz. É um grande momento para nós. Damos sempre o nosso melhor para a equipa.»

 

21.43 horas: Declarações de Bruno Costa: «Desta vez consegui ser campeão até ao fim. É uma sensação incrível. Lateral-direito? Nunca imaginei, mas o mister falou comigo, disse que podia precisar e estive desde o primeiro dia disponível, queria era ir para o campo, ajudar. Não lhe consigo explicar o que sinto agora e vou sentir nos Aliados. É um sonho de criança, de menino, cresci aqui, neste clube. É uma coisa de loucos.»

 

21.38 horas: Declarações de Rúben Semedo: «O que passou passou. Estou muito feliz. Foi um longo trabalho, merecemos, fomos justos vencedores. Batemos o recorde de pontos, não vale a pena dizer muita coisa.»

 

21.35 horas: Declarações de Cláudio Ramos: «Não é fácil mas no final sabe bem. É o trabalho de uma época, nem sempre é fácil não jogar, mas poder jogar no último jogo com este publico é incrível.»

 

21.30 horas: Declarações de Fábio Cardoso: «Estou muito feliz. Merecemos o título, trabalhámos muito. É justo ter ganho. Este é um dos dias mais felizes da minha vida.»

 

21.26 horas: Declarações de Mbemba: «Ganhámos este título porque trabalhámos muito e conquistámo-lo com todo o mérito. Ainda temos a Taça de Portugal para ganhar. Ficar no FC Porto? Porque não? Estou muito bem aqui.»

 

21.23 horas: Declarações de Francisco Conceição: «É um sonho tornado realidade ganhar este título, que é muito importante. É o culminar de um ano de trabalho onde merecemos muito. Agora é desfrutar.»

 

21.20 horas: Declarações de Fábio Vieira: «Os nossos adeptos são os melhores do Mundo. A eles o meu muito obrigado. Temos muita qualidade nos jovens, trabalhar todos os dias, ganhar coisas que não temos. Tem um grande valor ser campeão com alguns dos jovens com quem trabalho desde muito jovem. Futuro? Quero muito continuar neste clube, que amo desde pequenino.»

 


21.15 horas: Declarações de Fernando Andrade: «Esta medalha [de campeão] pesa muito, tem grande valor, mas já não sai daqui do meu peito.» 

21.12 horas: Declarações de Diogo Costa: «É absolutamente fantástico e inesquecível festejar este título com os nossos adeptos.»

21.09 horas: Declarações de Pepê: «É maravilhoso poder festejar o título. Fiquei feliz por poder ajudar a equipa nesta reta final da temporada. O melhor de mim ainda está para vir.»

 

 

21.06 horas: Declarações de Galeno: «Queria passar pela experiência de ser campeão. O FC Porto é uma família, tem um espírito diferente. Muito contente por voltar. Esta é a minha casa.»


21.03 horas: Declarações de Uribe: «É diferente poder festejar com os adeptos. Da última vez que fomos campeões, estávamos em pandemia e não pudemos. É uma sensação muito boa estar aqui, a desfrutar do título. Foi um título muito importante para nós.»

 

21.00 horas: Declarações de Vítor Baía, vice-presidente: «Sofremos bem mais de fora. Quando jogávamos tínhamos o controlo da situação, agora temos de ter o cuidado na escolha dos jogadores. A cidade confunde-se com o clube, são duas marcas fortíssimas, faz todo o sentido o clube estar na sua Câmara, no coração da cidade, com as suas gentes. Lamento nos últimos tempos que isso não tenha acontecido. Agora há que desfrutar. Jogadores foram competentes, com uma regularidade extraordinária, estão todos de parabéns.»


20.58 horas: Nos Aliados já várias centenas seguem a festa através de ecrã gigante.



20.57 horas: Declarações de Grujic: «Hoje é um dia especial festejar com o estádio cheio. Tivemos jogos muito intensos, recordo a vitória em casa do Estoril com aquela reviravolta. Este é um dos clubes do mundo onde mais sentimos a mais a ligação entre adeptos e equipa. Todos os dias, na rua, em qualquer lugar.»

20.55 horas: Declarações de Francisco Meixedo: «Tenho poucas palavras. Estou muito feliz. Sou um dragãozinho que foi habituado a ser dragão cedo. Sou mais um para ajudar, aqui não há idades. Faltam-me as palavras, estou muito feliz. Aprendi muito com este grupo e também soube aproveitar.»

 


20.53 horas: Declarações de João Mário: «Este título é incrível. É incrível poder festejar com os adeptos, a alegria que vemos na cara deles. Estou sem palavras, são estes momentos que fazem a nossa carreira. Sinto que cresci ao longo do tempo, evoluí dia após dia. Estou a conseguir a aproveitar as oportunidades. Agora vou continuar para poder ter mais alegrias como estas. Vamos aproveitar para desfrutar, mas trabalhar para ganhar mais um título.»



20.52 horas: Aí está o momento que todos esperavam, Pepe levanta o troféu de campeão nacional 2022/2023. Há fogo de artifício. 
 



20.49 horas: Entra Sérgio Conceição e restante equipa técnica.




20.32 horas: Os novos campeões nacionais começam a ser chamados, um a um... o primeiro é Marchesín.



20.30 horas: Helton, antigo guarda-redes do FC Porto, transporta o troféu de campeão nacional. Pinto da Costa e Pedro Proença também já estão no relvado.

20.13 horas: Foi montado um palco no centro do relvado do Dragão para a entrega das medalhas e do troféu de campeão nacional.
 

A partir das 22.30 horas, em autocarro panorâmico, a equipa sai do Estádio do Dragão e vai passar pela via Futebol Clube do Porto, Alameda das Antas, Avenida Fernão Magalhães, as ruas Carlos Malheiro Dias, Constituição, São Brás, Camões e da Trindade e pela praça da Trindade antes de mergulhar nos Aliados - a avenida fecha ao trânsito às 16 horas. No final, os novos campeões nacionais serão recebidos na Câmara Municipal do Porto.

Ler Mais
01:42  -  15-05-2022
Dragões superaram melhor ataque dos últimos 23 anos
00:49  -  15-05-2022
«É inacreditável que a Câmara tenha estado fechada ao FC Porto»
23:51  -  14-05-2022
Dragões quebram barreira inédita no campeonato
23:24  -  14-05-2022
«Vamos tentar manter o máximo de jogadores»
23:23  -  14-05-2022
Venceu a Taça de Inglaterra e não faltou à festa de campeão (foto)
23:12  -  14-05-2022
Luís Gonçalves: a chave do título e os incidentes no jogo com o Sporting
22:48  -  14-05-2022
Adjunto de Sérgio Conceição emociona-se a falar do pai (e comentador de A BOLA TV)
21:44  -  14-05-2022
O momento em que os dragões receberam a taça de campeões (vídeo)
20:44  -  14-05-2022
«O momento em que o Fernando Andrade marcou espelha bem o nosso balneário»
20:36  -  14-05-2022
O vídeo com o resumo da vitória do FC Porto
20:24  -  14-05-2022
«Alguns iluminados tentaram manchar a nossa conquista»
20:21  -  14-05-2022
Francisco J. Marques exulta: «Um campeão de classe extra»
20:15  -  14-05-2022
«Golos do FC Porto nasceram de erros nossos»
20:14  -  14-05-2022
«Tivemos uma luta muito forte na busca deste título»
20:08  -  14-05-2022
Confira todos os campeões nacionais (fotogaleria)
20:01  -  14-05-2022
Dragões vencem e somam recordes
19:58  -  14-05-2022
Entrou para ser campeão e marcou (vídeo)
19:44  -  14-05-2022
FC Porto inscrito no troféu de Campeão Nacional em local emblemático
19:19  -  14-05-2022
Autogolo coloca dragões na frente do marcador (vídeo)
19:14  -  14-05-2022
Super Dragões homenagearam adepto morto nos festejos do título
16:53  -  14-05-2022
O onze inicial do FC Porto para o jogo com o Estoril
Comentários (121)

Últimas Notícias