Futebol cercado por operações

Justiça 25-11-2021 08:48
Por Pedro Cadima

Os negócios do futebol seguem num apertado escrutínio e ontem mais uma megaoperação levou intensas buscas a vários locais, nomeadamente às instalações do SC Braga e V. Guimarães, bem como a escritórios de agentes e advogados, numa tentativa de desvendar o trajeto de vários montantes relacionados com intermediações de transferências, suspeitas de irregularidades em dossiês como Galeno (do FC Porto para o SC Braga), Loum (de SC Braga para FC Porto) mas também de Mikel, Ricardo Pereira e Hernâni, motivo que estendeu as buscas a Guimarães, tratando-se de jogadores negociados entre Vitória e FC Porto e documentação processada entre 2015 e 2017.

 

Loum, agora emprestado ao Alavés, de La Liga, custou €7 milhões ao FC Porto por 75 por cento do passe, numa operação realizada em janeiro de 2019, que contou com intermediação de Bruno Macedo, que terá assegurado para si uma comissão de €950 mil. Por outro lado, há Pedro Pinho envolvido na mudança de Galeno do FC Porto para o SC Braga. O extremo brasileiro acaba transferido para o Minho por uma verba de €3,5 milhões, equivalente a metade do passe. A Pedro Pinho coube uma verba de €350 mil por custos de mediação.


Na operação Fora de Jogo estão em causa suspeitas de fraude fiscal e branqueamento de capitais, estimando-se que alegada manobra possa ter lesado o Estado em €15 milhões. 


SC Braga e V. Guimarães, rivais do Minho, foram surpreendidos bem cedo por visitas de inspetores às suas instalações, tendo havido dificuldades de processar informação em Braga pela presença das altas patentes do clube na Dinamarca. Monitorizados foram ainda Bruno Macedo, nome comum nas operações Cartão Vermelho e Cartão Azul, bem como alvo de revista o escritório do seu pai, Vespasiano Macedo, antigo advogado e sócio de António Salvador. Já na cidade do Porto pelas mesmas horas entravam em cena inspetores nas instalações da Gestifute, de Jorge Mendes, bem como na sede da agência de Deco. As casas dos dois empresários, donos de densa fichas de clientes e relações privilegiadas com os principais emblemas envolvidos, também foram passadas a pente fino.

 

Leia mais na edição impressa ou digital de A BOLA.


 

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias

Mundos